BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Eles também são candidatos

25 de fevereiro de 2018 - Por Stefania Pelusi
Eles também são candidatos

Comunità conversou com os candidatos residentes na Itália que concorrem a uma vaga de deputado pela América do Sul

Entre as novidades introduzidas pela lei eleitoral, há uma conhecida como Legge salva Verdini, que permite aos italianos residentes na Itália candidatar-se a uma das circunscrições no exterior. A lei entrou em vigor a partir destas eleições. Na América do Sul, duas listas — Movimento 5 Stelle e + Europa — apresentam candidatos residentes na Itália que mantêm vínculos com o continente ou que contam com experiências de vida no exterior.
Comunità conversou com alguns deles.

Sandro Billi encabeça a lista dos candidatos a deputado de + Europa. Empreendedor e consultor, morou no Brasil e nos Estados Unidos. 

— Vivenciei diretamente a experiência de italiano no exterior. Por esta razão, decidi me envolver numa atividade política que possa melhorar as condições e as oportunidades daqueles que, por escolha, necessidade ou origem, residem fora da Itália, mas mantêm um vínculo com o país — explica Billi.

 

O argentino Walter Barberis mora na Itália há 15 anos, é arquiteto e fundador da Smart Planning Network.  

— A comunidade de italianos que vivem no Brasil tem direito de sentir-se mais perto do seu país, das instituições, mas também das oportunidades que têm como cidadão pertencente à União Europeia. Queremos que os residentes no exterior tenham acesso à formação continuada, a maior estabilidade de trabalho, econômica e cultural — afirma Barberis, resumindo o programa do partido.

 

A romana Monica Lucarelli é gerente de sustentabilidade e desenvolve projetos sociais para Amnesty International. Ela acredita que, apesar da crise econômica que afetou Itália e Brasil, ambos são países estratégicos.




— É necessário criar ainda mais sinergias através da promoção das relações entre quem reside no Brasil e os que moram na Itália, da criação de canais preferenciais de comunicação, da simplificação dos procedimentos burocráticos e do incentivo da troca mútua de conhecimentos sobre oportunidades comerciais e produtivas — explica a candidata.

Em relação aos serviços consulares, os três candidatos são unânimes: é preciso simplificar e agilizar os processos burocráticos e implementar a digitalização, pois são uns dos pontos do programa do +Europa.

Já o programa do M5S prevê a possibilidade de manter o direito à assistência médica italiana, mesmo para aqueles que residem fora da Itália; a simplificação dos procedimentos burocráticos; e o reconhecimento dos títulos de estudo.

 

Candidatos moraram no exterior ou mantêm vínculos na América do Sul
Atualmente residente em Abruzzo, Andrea Daniele Barassi viveu por oito anos na Espanha e na República Dominicana. Para ele, é fundamental a reorganização das instituições no exterior e a informatização dos serviços.

— Quem promete velocidade nas práticas de cidadania mente, pois são complicadas e retardam os trabalhos dos consulados, sendo processos muito longos — alerta o cirurgião-dentista.

 

Embora residente na Itália, o analista financeiro Giorgio Grassi mantém laços com o Brasil, para onde viaja com frequência. Ele é membro da associação Itália-Porto Alegre. Entre as propostas do M5S, ele ressalta a possibilidade, pagando uma pequena taxa, de poder acessar o sistema sanitário italiano, pois muitos italianos no exterior não se registram no AIRE para não perder a assistência sanitária na Itália.

— No que diz respeito às empresas, é preciso acelerar os tempos de desembaraço aduaneiro de partida e chegada dos bens mediante a celebração de acordos com o governo brasileiro — sintetiza o italiano.

O empresário no setor do turismo, Nicola L’Abbate, considera que é preciso preparar uma rede específica, digital e real, para apoiar a inclusão completa dos italianos no exterior.

— Para isso, o governo deve estabelecer relações mais estreitas com as autoridades locais a fim de promover a remoção de barreiras burocráticas e processuais, respeitando as leis e as tradições de todos os países da América Latina — explica o candidato, que morou no México, França e Espanha.

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 2845
            [name] => AIRE
            [slug] => aire
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 2845
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 3
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 2678
            [name] => Candidatos
            [slug] => candidatos
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 2678
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 4
            [filter] => raw
        )

    [2] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 2797
            [name] => Edição 235
            [slug] => edicao-235
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 2797
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 35
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Você acha que a Itália terminará na frente do Brasil no quadro de medalhas das Olimpíadas de Tóquio?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 04h11
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.