O presidente da China, Xi Jinping, chegou nesta quinta-feira, 21, a Roma para, entre outras coisas, conseguir a assinatura da Itália a um memorando para sua “Nova Rota da Seda”, um enorme projeto de investimentos para conectar o Gigante Asiático com a Europa e a África.

Embora não haja nenhuma agenda oficial, o presidente da China chegou a Roma na tarde desta quinta-feira e permanece no país até domingo, quando viajará rumo à França.

Em Roma, Jinping manterá reuniões com os representantes das instituições, como o presidente da República, Sergio Mattarella, com a presidente do Senado, Maria Elisabetta Alberti Casellati, e com o líder da Câmara de Deputados, Roberto Fico.

Também é esperado que o presidente chinês se reúna com os membros do “Business Forum” e de outro fórum dedicado à cooperação econômica e industrial entre Itália e China em terceiros países.

Xi, que nesta viagem está acompanhado pela primeira-dama, Peng Liyuan, comparecerá, além disso, ao Altar da Pátria, no centro de Roma, para oferecer uma coroa de flores, além de visitas programadas ao Coliseu e ao Palácio do Campidoglio.

(EFE)