Projeto previa unidade da rede ao lado das Termas de Caracala

A prefeita de Roma, Virginia Raggi, mandou o 1º Distrito da capital bloquear o projeto de construção de uma unidade da rede americana McDonald’s ao lado das Termas de Caracala, um dos sítios arqueológicos mais importantes da cidade.

Em uma carta enviada na quinta-feira (25) a Sabrina Alfonsi, que comanda o distrito, Raggi pede oficialmente a “suspensão do projeto executivo” e alega que a prefeitura não estava ciente da iniciativa.

Segundo ela, é preciso “recomeçar do zero”, a partir de um “diálogo com o território, avaliando todas as criticidades e riscos que um plano do gênero pode provocar em um local muito delicado e tombado pela Unesco”.

Além disso, a carta cita riscos para o “decoro” e a “imagem” de Roma. Situadas no centro histórico da capital italiana, a poucos metros do Coliseu, as Termas de Caracala são as ruínas de um enorme complexo de banhos públicos da Roma Antiga e foram construídas no século 3 d.C.

O projeto já havia suscitado críticas de moradores do distrito, já que muitos consideram impróprio instalar um restaurante de fast-food ao lado de um dos sítios arqueológicos mais importantes da cidade. O projeto do McDonald’s, que tinha inauguração prevista para o fim do ano, prometia propagandas discretas e zero impacto ambiental.

Por sua vez, Alfonsi, que pertence ao Partido Democrático (PD), de oposição a Raggi, afirmou que o distrito não tem poder de suspender o projeto, que estaria protegido por leis “regionais e nacionais”.

(com informações da ANSA)