Início » Vice-ministro das Relações Exteriores da Itália participa de eventos no Rio de Janeiro

Vice-ministro das Relações Exteriores da Itália participa de eventos no Rio de Janeiro

21 de fevereiro de 2024 - Por Comunità Italiana
Vice-ministro das Relações Exteriores da Itália participa de eventos no Rio de Janeiro

Uma vitrine para a cultura, a arte e o design italiano no coração do Rio de Janeiro, e uma ponte para ampliar o diálogo e tornar mais sólidos os laços entre Itália e Brasil. Nasce com estes objetivos o Polo Cultural ItalianoRio, com parceria do Grupo Comunità Italiana, inaugurado pelo vice-ministro das Relações Exteriores, Edmondo Cirielli, no dia em que são comemorados os 150 anos do começo oficial da imigração italiana ao Brasil.

Itália e Brasil celebram o 150º Aniversário da Imigração Italiana 3
Vice-ministro das Relações Exteriores da Itália, Edmondo Cirielli, celebra o 150º aniversário da imigração italiana para o Brasil com o presidente do Grupo Comunità Italiana, Pietro Petraglia

O polo cultural “representa mais uma oportunidade de proximidade aos tantos compatriotas e aos tantos descendentes de italianos no Brasil”, explicou Cirielli por ocasião do corte da fita, com a presença do secretário-geral da Farnesina, Riccardo Guariglia; do embaixador italiano no Brasil, Alessandro Cortese; do cônsul-geral do Rio, Massimiliano Iacchini, entre outros.

“Cultura e arte representam o elemento central da nossa identidade. E promovendo arte e cultura também fazemos marketing, porque promovemos o modo de vida dos italianos, as nossas qualidades e o made in Italy”, continuou o vice-ministro.

Vice-ministro das Relações Exteriores da Itália participa de reunião do G20 do Rio de Janeiro 7
Vice-ministro das Relações Exteriores da Itália, Edmondo Cirielli, com autoridades durante o evento de inauguração do Polo Cultural ItalianoRio

Cirielli destacou a importância da data simbólica da imigração italiana ao Brasil lembrando “que a história das relações entre Itália e Brasil é antiga, iniciada antes mesmo da chegada do navio Sofia a Vitória em 1874, quando mais de 100 italianos chegaram, seguindo a napolitana Teresa Cristina di Borbone, que casou em 1840 com o imperador português Pedro II”.

O polo nasce da sinergia entre o Consulado Geral da Itália no Rio, o Instituto Italiano de Cultura e o Instituto Europeu de Design (IED), com parceria do Grupo Comunità Italiana.

A exposição “Da Arquitetura – a influência italiana na formação da paisagem carioca”, a primeira inaugurada no espaço, mostra os cliques do fotógrafo Aristides Corrêa Dutra que retratam os edifícios mais belos do Rio realizados por arquitetos italianos.

Vice-ministro das Relações Exteriores da Itália participa de reunião do G20 do Rio de Janeiro 3
Obras da exposição “Da Arquitetura – a influência italiana na formação da paisagem carioca”

“Estou orgulhoso por estar aqui inaugurando este espaço no dia certo, 21 de fevereiro, data significativa para os 32 milhões de descendentes de italianos no Brasil”, destacou o embaixador Cortse.

Vice-chanceler da Itália fala sobre declarações do russo Sergei Lavrov

“Lavrov faz a sua parte. Serve a um tirano e procura defender o indefensável. A Itália, sob esse ponto de vista, é muito firme: nós somos pelo respeito ao direito internacional que a Rússia de Putin pisoteou”. Disse o vice-ministro das Relações Exteriores da Itália, Edmondo Cirielli, presente no Rio de Janeiro para participar da reunião dos chefes das diplomacias do G20, sobre as últimas declarações do russo Sergei Lavrov, que voltou a acusar o Ocidente de “encher a Ucrânia de armas”.

“Não somos inimigos do povo russo, que é um povo amigo centenário da Itália. Mas queremos fazer com que se respeite o princípio de que nenhum Estado pode imaginar resolver as próprias controvérsias com a guerra, como está fazendo a Rússia neste momento contra a Ucrânia”, detalhou.

Vice-ministro das Relações Exteriores da Itália participa de reunião do G20 do Rio de Janeiro
Vice-ministro das Relações Exteriores da Itália participa de inauguração de polo cultural no Rio de Janeiro

Cirielli ainda disse que a linha da Itália na reunião de chanceleres do G20 “será a da moderação, do equilíbrio, da firmeza na nossa posição atlântica”.

“A Itália está firmemente aliada ao Ocidente: somos fundadores da União Europeia, somos um país quase desde a primeira hora da Otan, é claro que caminhamos nessa direção. Porém a Itália tem uma linha diplomática extremamente pacífica e de diálogo entre os blocos, e portanto buscamos colocar em campo a nossa capacidade para tentar tranquilizar o clima e para evitar que haja uma polarização entre todo o resto do mundo e o Ocidente. E também tentar combater a versão da Rússia, e em parte também chinesa, de que o Ocidente age com dois pesos e duas medidas”, destaca Cirielli. (com dados de agências internacionais)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

ENQUETE

Loading poll ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • Sun Cloud
  • 12h54
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.