O treinador da Itália, Gian Piero Ventura, anunciou neste último sábado (30) a lista de convocados para os duelos decisivos contra a Macedônia e Albânia pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

A principal novidade da lista é o retorno do meio-campista Simone Verdi (Bologna). De resto, o técnico preferiu manter a base que já vinha sendo chamada nos últimos meses, incluindo o ítalo-brasileiro Éder, da Inter de Milão.

Em segundo lugar no grupo G, com 19 pontos, a Azzurra dificilmente conseguirá alcançar a líder Espanha, que tem 22 mas ainda precisa assegurar matematicamente sua vaga na repescagem.

O duelo contra a Macedônia será em Turim, em 6 de outubro, enquanto o jogo contra a Albânia será três dias depois, em Escodra, no país balcânico. Outro objetivo da Itália é o de melhorar sua posição atual no ranking da Fifa (17ª), que define os potes do sorteio dos grupos da Copa.

Confira a convocação da Azzurra para as duas partidas

Goleiros

Gianluigi Buffon (Juventus), Gianluigi Donnarumma (Milan) e Mattia Perin (Genoa)

Defensores

Davide Astori (Fiorentina), Andrea Barzagli (Juventus), Leonardo Bonucci (Milan), Giorgio Chiellini (Juventus), Danilo D’Ambrosio (Inter), Matteo Darmian (Manchester United), Daniele Rugani (Juventus), Leonardo Spinazzola (Atalanta) e Davide Zappacosta (Chelsea).

Meia-campistas

Daniele De Rossi (Roma), Marco Parolo (Lazio), Lorenzo Pellegrini (Roma), Marco Verratti (PSG), Federico Bernardeschi (Juventus), Antonio Candreva (Inter) e Simone Verdi (Bologna).

Atacantes

Stephan El Shaarawy (Roma), Lorenzo Insigne (Napoli), Andrea Belotti (Torino), Éder (Inter), Manolo Gabbiadini (Southampton) e Ciro Immobile (Lazio).(ANSA)