Início » Vaticano inaugura tradicional decoração de Natal na Praça São Pedro

Vaticano inaugura tradicional decoração de Natal na Praça São Pedro

04 de dezembro de 2022 - Por Comunità Italiana
Vaticano inaugura tradicional decoração de Natal na Praça São Pedro

O Vaticano inaugurou no sábado (3) a tradicional decoração de Natal, com o presépio e a grande árvore iluminada na Praça São Pedro. Os dois símbolos do Natal católico foram inaugurados formalmente em cerimônia comandada pelo arcebispo Fernando Vergez Alzaga e pela irmã Raffaella Petrini, presidente e secretária do Governo do Estado da Cidade do Vaticano, respectivamente.

Também estiveram presentes as delegações oficiais dos lugares de origem do presépio e da árvore, procedentes respectivamente de Sutrio, em Friuli-Venezia Giulia, e de Rosello, em Abruzzo.

Além disso, também estiveram presentes a delegação da Guatemala – chefiada pelo ministro das Relações Exteriores, Mario Bucaro Flores -, que montou o presépio na Sala Paulo VI.

Entre os representantes do presépio artístico – feito inteiramente de madeira – participaram ainda o governador da região Friuli- Venezia Giulia, Massimiliano Fedriga, e o prefeito de Sutrio, Manlio Mattia. Já da árvore de Natal estiveram, entre outros, o bispo de Trivento, monsenhor Claudio Palumbo, e o prefeito de Rosello, Alessio Monaco.

A árvore de Natal deste ano é um majestoso abeto prateado, enfeitado com decorações preparadas pelas crianças do centro residencial de reabilitação psiquiátrica “Quadrifoglio”, em colaboração com os avós do centro de acolhimento de idosos “Sant’Antonio”, de Borrello, e os alunos das escolas de Pizzoferrato, Quadri e Villa Santa Maria.

Durante a manhã de ontem, as delegações foram recebidas em audiência pelo papa Francisco para a apresentação oficial dos presentes. O presépio e a árvore da Praça de São Pedro ficarão expostos até o final do Natal, que coincide com a festa do Batismo do Senhor, no dia 8 de janeiro de 2023.

Esculpido à mão por 11 artistas em madeira, disposto em uma área de 116 metros quadrados, o Presépio Sutrio é composto por 18 estátuas em tamanho real. A cúpula do presépio, dominada pelo anjo, atinge uma altura de 7 metros.

Nenhuma árvore foi cortada para as estátuas de madeira de cedro e para a estrutura, construída com 24 metros cúbicos de madeira de larício. O berço do bebê, inteiramente feito com material reciclado, foi esculpido na raiz de uma árvore arrancada durante a tempestade Vaia de 2018.

Cedo no sábado, o Papa convidou todos os fiéis para contemplar a encontrar as “raízes”, quando provocados pela imagem do presépio e da árvore de Natal.

“A árvore e o presépio são dois sinais que continuam a fascinar jovens e adultos. A árvore, com suas luzes, nos lembra de Jesus que vem iluminar nossa escuridão, nossa existência muitas vezes encerrada na sombra do pecado, do medo, da dor. E sugere uma reflexão interior: como as árvores, também os homens precisam de raízes”, declarou.

Na audiência na Sala Paulo VI, o Pontífice agradeceu aos doadores da Árvore de Natal e do Presépio montados na Praça São Pedro.

“Porque só quem está enraizado em boa terra permanece firme, cresce, ‘amadurece’, resiste aos ventos que a sacodem e se torna referência para quem a olha. Mas sem raízes nada disso acontece: sem alicerces firmes não se permanece instável”, enfatizou.

Jorge Bergoglio lembrou ainda que “é importante manter as raízes, na vida como na fé”. “É isto que nos lembra a árvore de Natal!”.

Sobre o presépio, ele ressaltou que ele “nos fala do nascimento do Filho de Deus feito homem para estar próximo de cada um de nós” e reforçou que “na sua pobreza genuína, o presépio ajuda-nos a redescobrir a verdadeira riqueza do Natal, e a purificar-nos de tantos aspectos que poluem o paisagem de natal”.

“Simples e familiar, o presépio lembra um natal diferente do consumista e comercial, é outra coisa; lembre-se de quanto nos faz bem cultivar momentos de silêncio e oração em nossos dias, muitas vezes dominados pelo frenesi”, alertou.

Segundo Francisco, “o silêncio favorece a contemplação do Menino Jesus, ajuda a tornar-se íntimo de Deus, com a frágil simplicidade de um pequeno recém-nascido, com a mansidão do seu deitar, com a ternura das fraldas que o envolvem”.

“Raízes e contemplação: a árvore nos ensina as raízes, o presépio nos convida à contemplação. Não esqueçamos essas duas atitudes humanas e cristãs”, disse o Papa, acrescentando que para encontrar “a pobreza de um estábulo” e preciso “nos rebaixar, nos fazer pequenos, deixar toda vaidade”. (com dados da Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

ENQUETE

Loading poll ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • Sun Cloud
  • 16h52
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.