O Vaticano apresentará nesta terça-feira (20) o projeto para sua primeira participação na Bienal de Arquitetura de Veneza, que acontecerá entre os dias 26 de maio e 25 de novembro

A coletiva de imprensa contará com a presença do cardeal Gianfranco Ravasi, presidente do Conselho Pontifício para a Cultura, de Paolo Baratta, presidente da Biennale di Venezia, e de Francesco Dal Co, curador do pavilhão da Santa Sé. “A Santa Sé estará presente em Veneza com um dos pavilhões mais estrondosos”, garantiu Ravasi, afirmando que quer deixar uma marca significativa no evento.

A participação inédita será realizada por meio da construção de capelas projetadas por arquitetos de destaque, incluindo o português e vencedor do Pritzker Eduardo Souto de Moura. A inspiração para o Vaticano é uma capela projetada pelo arquiteto sueco Gunnar Asplund (1885-1940) para um cemitério de Estocolmo. (ANSA)