Início » Torcedores de Napoli e Roma entram em confronto em rodovia que liga Milão a Nápoles

Torcedores de Napoli e Roma entram em confronto em rodovia que liga Milão a Nápoles

09 de janeiro de 2023 - Por Comunità Italiana
Torcedores de Napoli e Roma entram em confronto em rodovia que liga Milão a Nápoles

Torcedores de Napoli e Roma entraram em confronto na rodovia que liga Milão e Nápoles no domingo (8). Segundo fontes policiais, o conflito nasceu após torcedores organizados napolitanos, que viajavam para a partida contra a Sampdoria em Gênova, lançarem pedras contra um grupo de romanistas que seguia para o jogo contra o Milan.

Pelo menos um torcedor da Roma acabou ferido levemente por uma arma cortante e se dirigiu por conta própria a um hospital de Arezzo, na Toscana, onde ocorreram os confrontos, que ainda provocaram congestionamento de 15 quilômetros na estrada.

Esse mesmo local já foi palco de conflitos entre torcedores da Juventus e da Lazio em novembro de 2007, culminando na morte do laziale Gabriele Sandri pelo policial Luigi Spaccarotella.

As torcidas de Napoli e Roma têm um longo histórico de animosidades, que se agravaram em 2014, após o assassinato do napolitano Ciro Esposito pelo romanista Daniele De Santis. 

Polícia identifica 180 torcedores após confusão

A polícia italiana identificou por volta de 180 pessoas que participaram do violento confronto. A identificação dos torcedores organizados que estiveram na confusão acontece pouco tempo depois do Ministério Público de Arezzo afirmar que os investigadores estavam concentrando “todas as suas energias” para encontrar os responsáveis.

A polícia italiana prendeu na segunda-feira (9) duas pessoas pelo envolvimento na briga. Os dois homens detidos, que se chamam Emiliano Bigi e Filippo Lombardi, são torcedores da Roma e estavam na rodovia durante o quebra-quebra.

Os romanos vão comparecer nos próximos dias perante os juízes da capital italiana para as audiências sobre o caso. Após isso, a dupla será julgada em Arezzo.

Um terceiro torcedor do clube giallorosso, identificado como Martino Di Tosto, também foi detido pelas autoridades e vai comparecer hoje (10) diante dos magistrados do tribunal toscano.

O Napoli emitiu um comunicado condenando veementemente o quebra-quebra ocorrido no meio da rodovia. A briga provocou um congestionamento de cerca de 15 quilômetros na estrada.

“O Napoli condena veementemente os atos e o comportamento de alguns supostos torcedores, que infelizmente ainda frequentam os estádios italianos, sempre criando transtornos e perigos para os verdadeiros torcedores”, informou o atual líder da Série A da Itália.

O presidente da Federação Italiana de Futebol (Figc), Gabriele Gravina, afirmou que as sanções precisam ser “muito mais rigorosas e eficazes” contra os responsáveis pelas confusões.

“Algumas sanções precisam ser muito mais rigorosas e eficazes. Acreditamos que a pedra angular é a estreita relação de colaboração entre todas as instituições. Isso é inaceitável e vergonhoso”, afirmou o mandatário da Figc.

Levando em consideração a briga entre torcedores napolitanos e romanos, um observatório italiano de eventos esportivos colocou o duelo de Napoli e Juventus, marcado para 13 de janeiro, como uma partida de “alto risco”.

Os duelos entre Inter x Hellas Verona e Atalanta x Salernitana, que serão em 14 e 15 de janeiro, também foram caracterizados como jogos de risco elevado.

Uma reunião entre as autoridades italianas deverá discutir a possibilidade de reforçar ainda mais a segurança para esse duelo específico. (com dados da Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

ENQUETE

Loading poll ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • Sun Cloud
  • 03h13
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.