O reajuste está em rascunho da Lei Orçamentária para 2020

A última versão da Lei Orçamentária do governo da Itália para 2020 prevê um aumento de 100% na taxa de reconhecimento de cidadania na rede consular.

Atualmente, os consulados cobram 300 euros de estrangeiros que buscam a certificação de sua cidadania italiana, porém o rascunho mais recente da Lei Orçamentária prevê um valor de 600 euros.

O texto ainda não é definitivo, mas o governo italiano busca maneiras de elevar a arrecadação, já que a escalada do déficit fiscal e da dívida pública – a segunda maior da zona do euro – podem criar problemas com a União Europeia.

Além do aumento na taxa de cidadania, a Lei Orçamentária prevê um reajuste de 20% em todos os serviços consulares, como vistos e registros de casamento. O texto também aumenta os impostos sobre embalagens de plástico e produtos com alto teor de açúcar.

A versão definitiva da Lei Orçamentária deve ser anunciada nos próximos dias. (Ansa)