BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Suposto ‘Decreto Salvini’ limita transmissão de cidadania

11 de setembro de 2018 - Por Comunità Italiana
Suposto ‘Decreto Salvini’ limita transmissão de cidadania

 

O rascunho de um decreto-lei atribuído ao ministro do Interior da Itália, Matteo Salvini, prevê a imposição de limites à concessão de cidadania jus sanguinis (direito de sangue) para descendentes de italianos

O texto foi divulgado por alguns veículos de imprensa italianos e vem sendo chamado de “Decreto Salvini”. Segundo uma versão difundida pela agência “Adnkronos”, o atual sistema de cidadania jus sanguinis, que opera sem limite geracional, provocou um “aumento exponencial de pedidos”.

“Com o presente decreto, se limita a transmissão da cidadania aos descendentes diretos de segundo grau que possam documentar o status civitatis italiano de seu ascendente”, diz o rascunho, que iguala o modelo adotado pela Itália ao de outros países da União Europeia, como Alemanha, Espanha e Portugal.

Ao mesmo tempo, o “Decreto Salvini” estende o direito de transmissão de cidadania a mulheres italianas que se casaram com estrangeiros antes da entrada em vigor da Constituição, em 1948.

As mudanças valeriam inclusive para todos os procedimentos em curso a partir da entrada em vigor do decreto. O deputado ítalo-brasileiro Luis Roberto Lorenzato (Liga), que é contra limites à transmissão de cidadania, disse que o partido deve tomar uma posição oficial sobre a questão nesta terça-feira (11).

O limite de geração para a cidadania jus sanguinis é um tema recorrente na Itália e chegou a ser proposto por um senador do Partido Democrático (PD), hoje na oposição, no fim da legislatura passada, mas não avançou.

(Agência ANSA)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 4359
            [name] => Anti-Migração
            [slug] => anti-migracao
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 4359
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 368
            [name] => Cidadania
            [slug] => cidadania
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 368
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 23
            [filter] => raw
        )

    [2] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 2465
            [name] => decreto
            [slug] => decreto
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 2465
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 18
            [filter] => raw
        )

    [3] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 901
            [name] => Salvini
            [slug] => salvini
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 901
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 47
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Com medidas de distanciamento e sanitização, pontos turísticos da Itália estão programando reabertura para visitantes a partir de junho. Você pretende viajar para o exterior antes do fim do ano?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 04h50
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.