Com promessa de ultrapassar os 40ºC, cidades da região sul da Itália começaram a se preparar na terça-feira (6) para enfrentar nova onda de calor

De acordo com as previsões meteorológicas, a chegada de massas de ar quente subtropicais favorecerá o reforço do anticiclone norte-africano no Mediterrâneo central e no sul da Itália. A expectativa é de que o fenômeno provocará altas temperaturas na Sicília, Sardenha, Calábria e Puglia, principalmente no próximo final de semana.

O cenário, porém, será muito diferente na região norte da Itália, que sofrerá uma queda no termômetro a partir desta quarta-feira (7), com tempestades e rajadas de vento nos Alpes. Já na quinta (8), o tempo irá piorar em Vêneto, Friuli Venezia Giulia, Emília-Romagna, Toscana, Úmbria e Marcas.

“Depois de um fim de semana ensolarado e quente, a situação do clima voltará gradualmente a piorar a partir de terça-feira nas regiões setentrionais, tudo devido ao influxo de ar mais úmido e instável que chegará aos Alpes e Norte da Itália”, explicou Andrea Vuolo, meteorologista da 3bmeteo.com.

Nas últimas semanas, a Itália chegou até emitir alerta vermelho em diversas cidades do país devido à extrema onda de calor que tem atingido a Europa e provocado temperaturas históricas. 

(com informações da ANSA)