Início » Startup italiana irá efetivar projeto de recolhimento de lixo nos mares no RJ

Startup italiana irá efetivar projeto de recolhimento de lixo nos mares no RJ

17 de outubro de 2022 - Por Comunità Italiana
Startup italiana irá efetivar projeto de recolhimento de lixo nos mares no RJ

A startup italiana Ogyre, especializada no recolhimento de lixo nos oceanos em parceria com pescadores locais, vai efetivar seu projeto no Rio de Janeiro após um período de testes. No país, o trabalho começou em dezembro de 2021 e retirou mais de 80 mil quilos de lixo do mar. As atividades foram feitas em parceria com duas comunidades de pescadores da baía de Guanabara, em um total de 10 embarcações utilizadas.

O trabalho é feito duas vezes por semana com dois pescadores em cada barco para retirar todos os rejeitos que encontrarem no mar. Depois, o material é levado para as comunidades de pescadores e separados entre recicláveis e não recicláveis.

Aqueles que podem ser reaproveitados são processados por uma cooperativa local para serem sucessivamente enviados para empresas que processam os produtos.

Além de anunciar que vai fincar bases no Brasil, a Ogyre também divulgou que se fixará em Bali, na Indonésia.

“O envolvimento das comunidades locais de pescadores no Brasil e Indonésia é um passo crucial do desenvolvimento da Ogyre, não só porque representa o início do processo de abertura da empresa para além das fronteiras italianas, mas sobretudo pelo impacto que essa decisão tem sobre a nossa missão de limpar os oceanos com a ajuda dos pescadores. O problema do lixo no mar, de fato, é extremamente mais significativo na Indonésia e no Brasil do que nos mares europeus”, disseram os fundadores da Ogyre, Antonio Augeri e Andrea Faldella.

Conforme os dois, os pescadores “encontram de tudo, de colchões a televisores abandonados”.

“Há depois uma dimensão social ainda mais importante: tratam-se de áreas nas quais a Ogyre dá aos pescadores por suas atividades um pagamento igual ao que eles têm em dias normais de pesca, tanto que a atividade se torna, em muitos casos, um verdadeiro trabalho integrado às viagens normais de pesca. Assim temos pescadores que, em certos dias da semana, saem só para pescar lixo marinho”, acrescentam.

Na Itália, a startup também desenvolve os trabalhos em Cesenatico e Marina di Ravenna, na Emilia-Romagna, e Santa Margherita Ligure, na Ligúria. (com dados da Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

ENQUETE

Loading poll ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • Sun Cloud
  • 15h53
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.