Ao menos 10 regiões vão declarar calamidade natural

A seca, que atinge dois terços do território italiano, provocou até o momento 2 bilhões de euros em danos no setor rural, o cálculo foi realizado pelas associações comerciais italianas.

O status de calamidade irá permitir que empresas suspendam os pagamentos de hipotecas, além das contribuições a fundos e ao fisco. Ainda ajudará as regiões a receberem auxílio extra do Ministério das Políticas Agrícolas.

Com temperaturas acima dos 30ºC e  a sensação térmica de mais de 40ºC, o verão italiano tem sido rigoroso. O clima seco contribui para a formação de incêndios, a capital italiana tem sido uma das mais afetadas.

A Prefeitura de Roma colocará em vigor um plano de interrupção de fornecimento de água por 8 horas diárias, a medida que não tem data para ser encerrada, pode ter início em 28 de julho.