O vice-primeiro-ministro italiano, Matteo Salvini, pediu nesta terça-feira (28) um novo papel para o Banco Central Europeu, que deve “garantir” a dívida do governo para manter os rendimentos dos títulos baixos.

Salvini disse no Facebook que queria uma conferência europeia de alto nível para discutir como impulsionar o crescimento e o investimento, e isso deveria incluir o novo papel do BCE para deter a “especulação”.

Após uma vitória nas eleições parlamentares europeias no último domingo (26), o líder do partido de direita Liga disse que as regras fiscais “fracassadas” da UE devem ser reescritas com o foco na redução do emprego, não limitando os déficits orçamentários.