BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Salto rumo ao desenvolvimento na cidade do pré-sal tem tecnologia italiana

13 de fevereiro de 2020 - Por Cintia Salomão Castro
Salto rumo ao desenvolvimento na cidade do pré-sal tem tecnologia italiana

Para a cidade de Maricá, um salto rumo ao desenvolvimento. Para a Leonardo, um projeto moderno e promissor. Assim, o casamento entre a Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) e a gigante italiana, um dos maiores grupos industriais do mundo, foi realizado em clima de euforia no último dia 12 de fevereiro, com a presença do CEO da Leonardo, Lorenzo Mariani, e do prefeito maricaense Fabiano Horta (PT), que disseram o tão esperado “sim” e assinaram a joint venture voltada para as áreas de aviação, comunicação e segurança. Uma nova companhia surgirá, na qual a Codemar — autarquia e braço técnico da Prefeitura — terá 49% de participação, e a Leonardo, 51%. O investimento inicial previsto é de R$ 2 milhões.

— Para nós, este é um grande salto do ponto de vista do gigantismo e da credibilidade internacional da Leonardo, protagonista mundial na fabricação de helicópteros. Essa joint venture tem o objetivo de fomentar uma nova dinâmica econômica. Maricá hoje emerge no cenário nacional pela sua capacidade de investimento próprio, fruto da cadeia do pré-sal. Vamos estabelecer aqui um centro de manutenção de aeronaves e treinamento de pilotos, desenvolvendo uma cadeia de segurança para o off-shore — declarou à Comunità o prefeito Fabiano Horta, com o olhar de felicidade de quem consegue romper a bolha da crise econômica nacional e a falta de investimentos que influencia o país.

Prefeito de Maricá, Fabiano Horta

O conhecido investimento da Prefeitura de Maricá no social é parte imprescindível para manter esse ritmo de crescimento econômico e passar longe da crise, ressalta Horta. A prioridade vai continuar, garante ele, que é candidato à reeleição este ano.

— Transporte público para a população, renda básica de cidadania, passaporte universitário que garante a quase 4500 jovens a presença na universidade, tudo isso vai continuar. São medidas que integram um ciclo que se retroalimenta e forma pessoas, ao mesmo tempo em que atrai empresas para o parque tecnológico da cidade. Aliás, a expansão da renda básica de cidadania é uma obsessão nossa. A moeda social de Maricá está muito consolidada e queremos que ela seja universalizada na cidade — explicou, referindo-se à implantação da mumbuca, primeira Moeda Social com cartão de débito do Brasil, implantada em 2013 e transferida para mais de 10 mil beneficiários, um programa de economia solidária que movimenta o comércio local.

Durante a assinatura da joint-venture, o CEO italiano, Lorenzo Mariani, não escondeu sua euforia:

— Estou muito feliz e orgulhoso de estar aqui após negociações que duraram três anos. Gostaria de expressar minha admiração por Maricá, que recebeu a bênção do petróleo e soube explorar isso de forma sábia, olhando para o futuro, de maneira inovadora, e usando os recursos da Mãe Natureza para gerar benefícios para o povo. A joint-venture com a Codemar é um feito extraordinário — resumiu.

CEO da Leonardo, Lorenzo Mariani

Cidade abençoada pelo pré-sal rompe a bolha da crise com investimentos no social

Maricá, com 157 mil habitantes, deve receber este ano a cifra de R$ 1,9 bilhão em royalties e participação especial de petróleo, segundo projeções da Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis. Por isso, a tecnologia trazida da Itália beneficia especialmente o setor de petróleo, que demanda alta capacidade de transmissão de dados, e é compatível com e banda larga 5G, ainda em processo de regulamentação no Brasil.

— Estamos vivendo o ciclo da emergência do petróleo. O pré-sal é uma realidade presente na cidade — confirmou o prefeito.

O diretor da Codemar, José Orlando de Azevedo Dias, enfatiza o posicionamento geográfico do município da Costa do Sol.

— O projeto vai atender a necessidade de monitoramento de limite de fronteiras e áreas ambientais, além de atender o mercado de logística de offshore. Somos a principal porta de entrada da Bacia de Santos. Por isso, somos os maiores arrecadadores de royalties: o petróleo está sendo retirado do nosso quintal. Nossa expectativa é gerar em torno de 150 empregos em médio prazo, sem falar nos indiretos — revelou Orlando, acrescentando que a empreitada é realizada junto com Petrobras, Embraer e Decea (Departamento de Controle do Espaço Aéreo) da Aeronáutica.

Diretor da Codemar, José Orlando de Azevedo Dias

Teleporto de Maricá será um dos únicos no mundo com satélites de órbita baixa

A joint venture prevê a implantação de uma base no aeroporto do município, onde foi oficializado o acordo. A Telespazio, empresa que integra o conglomerado italiano, será responsável pela construção de um teleporto, composto por 30 antenas, para operações de comunicação via satélites de baixa órbita.

CEO da Telespazio Brasil, Marzio Laurenti

— Será um teleporto inovador não só na América Latina, mas em nível mundial. Trata-se de um dos poucos teleportos do mundo com constelação de satélite de órbita baixa. Quando é baixa, você tem uma grandíssima disponibilidade de banda com baixa latência. Normalmente, a constelação de satélites em órbita geoestacionária é muito mais elevada. O sinal tem que ir e voltar, ao contrário daquele em posição mais baixa, mais perto da Terra, cuja latência é comparável com tecnologia terrestre — explicou à Comunità o CEO da Telespazio Brasil, Marzio Laurenti.

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 6481
            [name] => Codemar
            [slug] => codemar
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 6481
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 3
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 4082
            [name] => Leonardo
            [slug] => leonardo
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 4082
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 9
            [filter] => raw
        )

    [2] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 5536
            [name] => Maricá
            [slug] => marica
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 5536
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 3
            [filter] => raw
        )

    [3] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 1615
            [name] => Telespazio
            [slug] => telespazio
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 1615
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 7
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Em outros países como a Itália, o Estado apoia empresários e famílias com liberação de dinheiro para a estabilização social. Você acha que o governo brasileiro faz o suficiente?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 13h31
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.