Cônsul Geral da Itália do RJ recebeu Medalha Tiradentes durante lançamento da Frente Parlamentar Brasil-Itália nesta terça-feira (1º)

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) foi palco de cerimônia na noite desta terça-feira (1º): entrega da Medalha Tiradentes ao Cônsul Geral da Itália no Rio de Janeiro, Paolo Miraglia, e o lançamento da frente parlamentar Brasil-Itália no estado. 

Com o objetivo de estreitar e impulsionar as relações entre o estado fluminense e o país europeu, a Frente Parlamentar Brasil-Itália foi criada por iniciativa do presidente da Assembleia, André Ceciliano (PT), que é cidadão italiano, e será presidida pela deputada Zeidan Lula (PT).

“É uma alegria poder homenagear o nosso Cônsul Paolo, receber aqui [Alerj] a comunidade italiana, poder dialogar sobre a perspectiva de investimento de empresas italianas no Brasil, em especial no Estado do Rio de Janeiro. Então, para nós da Alerj, nós é que nos sentimos homenageados com a entrega dessa Medalha Tiradentes.

“Com a Frente buscamos estreitar laços e fazer a junção da história bonita que tem o Brasil com a Itália, que eu mesmo sou fruto: os meus avós vieram de Paola, província de Cosenza, para cá”, contou à Comunità o Presidente da Alerj. 

Cônsul Geral da Itália do Rio de Janeiro, Paolo Miraglia, em posse da Medalha Tiradentes

Durante a cerimônia, foi concedida a entrega da Medalha Tiradentes ao Cônsul Geral da Itália no Rio de Janeiro, Paolo Miraglia, que disse estar muito emocionado com a homenagem. A Medalha é a mais alta condecoração concedida pela Alerj.

“Estou muito emocionado hoje por receber essa honraria e condecoração, a Medalha Tiradentes, a mais importante do Estado do Rio de Janeiro. Acho que essa medalha também é um ato de amor e amizade para com a Itália, e eu dedicarei isso também a comunidade Italiana que tem uma presença aqui muito importante”, disse o Cônsul.

Paolo Miraglia comentou, também, sobre a formação da nova Frente Parlamentar.

“A Frente Parlamentar vai ser uma iniciativa muito importante pela qual eu agradeço muito o presidente da Alerj [André Ceciliano]. O nosso objetivo [Consulado da Itália do RJ] é criar sinergias, colaborações e estar totalmente a disposição da Frente. Não temos ainda uma agenda mas vamos nos reunir com a Frente para estabelecermos uma agenda comum sob a qual iremos trabalhar. Já falei com a presidente da frente [deputada Zeidan Lula] e ela está empenhada em fortalecer essas relações Brasil e Itália no estado do Rio”. 

Já a Deputada e Presidente da Frente, Zeidan Lula, contou um pouco a Comunità sobre as suas expectativas:

“O objetivo principal da Frente é fazer um intercâmbio Brasil-Itália mas não só cultural e turístico. Um intercâmbio em outros setores. Por exemplo: podemos criar um vínculo de levar os representantes do Fashion Mall, os representantes dos grupos de economia solidária de cooperativa de favela, que trabalham com moda, para poder estar fazendo alguma atividade com o governo italiano em Roma, em Milão, e em outras cidades italianas. Podemos trabalhar a questão da gastronomia, a troca da gastronomia. Trazer investidores italianos para o Brasil no setor imobiliário, por exemplo, que tenham interesse na área turística como em hotéis e resorts. E também levar daqui [RJ] para lá [IT]”. 

A Frente Parlamentar terá como relator o deputado Jorge Felippe Neto (PSD) e contará como membros efetivos os seguintes parlamentares: Carlos Minc (PSB), Renato Cozzolino (PRP), Giovani Ratinho (PTC) e Coronel Salema (PSL). Formaram a mesa do Plenário o Procurador Geral de Justiça, Eduardo Gussem; o deputado estadual Sergio Fernandes; o Presidente do Comitê dos Italianos no Exterior no Rio, Andrea Lanzi; o Diretor da Revista e Editora Comunità Italiana, Pietro Petraglia; e o Country Manager da Enel, Nicola Cotugno.

Além do Rio de Janeiro, São Paulo também possui uma iniciativa semelhante que foi instituída pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) em junho passado.