Início » Projeto de Lei Orçamentária da Itália para 2023 recebe voto de confiança do Senado

Projeto de Lei Orçamentária da Itália para 2023 recebe voto de confiança do Senado

30 de dezembro de 2022 - Por Comunità Italiana
Projeto de Lei Orçamentária da Itália para 2023 recebe voto de confiança do Senado

O Senado da Itália aprovou na quinta-feira (29) o voto de confiança ao projeto de Lei Orçamentária apresentado pelo governo de Giorgia Meloni para 2023. O texto recebeu o voto de confiança dos senadores com um placar de 107 a 69, além de uma abstenção, confirmando a ampla maioria da coalizão de direita no Parlamento.

Esse instrumento é uma forma de blindar o projeto, uma vez que congela a apresentação de emendas, evitando obstrucionismo por parte da oposição, e condiciona a continuidade do governo à aprovação do texto.

O voto de confiança foi ativado devido ao prazo curto do Senado, que precisava aprovar o Orçamento até o fim do ano para evitar que a Itália entrasse em 2023 com um exercício fiscal provisório.

A Lei Orçamentária prevê 21 bilhões de euros em medidas para combater a disparada dos preços da energia em função da invasão russa à Ucrânia, a maior parte delas herdada da gestão de Mario Draghi, como o corte dos impostos sobre combustíveis e subsídios para famílias de baixa renda nas contas de luz e gás.

O texto também reduz a carga tributária sobre a folha de pagamento para pobres e estabelece que beneficiários da renda de cidadania, principal programa social da Itália, que estiverem aptos a trabalhar recebam a bolsa por no máximo sete meses – o prazo atual é de 18 meses.

Outro ponto importante é uma mudança nas regras previdenciárias que introduz a chamada “cota 103”, que permitirá a aposentadoria de trabalhadores com 62 anos de idade e 41 anos de contribuição.

Atualmente, está em vigor a “cota 102” (64 anos de idade e 38 de contribuição), mas, se o governo não agisse, voltaria a vigorar em 2023 a contestada Lei Fornero, que estabelece 67 anos como idade mínima.

O texto ainda aumenta de 2 mil para 5 mil euros o limite para transações em dinheiro vivo, porém, após ressalvas da União Europeia, o governo retirou um artigo que autorizava comerciantes a recusar pagamentos com cartão de crédito para valores inferiores a 60 euros. (com dados da Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

ENQUETE

Loading poll ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • Sun Cloud
  • 14h12
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.