Vinte e cinco professores de italiano de escolas e universidades brasileiras participam, até o próximo dia 16 de novembro, da primeira edição do “Curso de italiano para fins didáticos”. O curso é gratuito e será realizado à distância pelo Instituto de Letras da Universidade de Brasília, com o objetivo de atualizar os professores de língua e cultura italiana.

A expectativa é de que os profissionais possam fornecer aos alunos de cursos de italiano ferramentas cada vez mais avançadas, principalmente porque na grade curricular haverá módulos dedicados ao uso de novas tecnologias no ensino. A iniciativa tem contribuição do Ministério das Relações Exteriores e Cooperação Internacional em parceria com a Embaixada da Itália em Brasília.   

O projeto teve um número total de 324 inscrições, sendo muitos candidatos de diversas universidades brasileiras, nas quais estão importantes departamentos de estudos italianos. De acordo com dados revelados pela Embaixada da Itália em Brasília, o aprendizado do idioma registrou um “boom” nos últimos anos, tanto que, atualmente, o italiano é a quarta língua mais estudada no mundo.

No Brasil, entre 2015 e 2018, o número de estudantes da língua cresceu 15%. Além disso, o país está entre as 10 principais nações do mundo em termos de número de alunos que estudam o italiano. (Ansa)