Em sua 30ª edição, 5ª realizada na Itália, Nápoles abre suas portas para receber cerca de seis mil atletas inscritos na Universíade entre os dias 3 e 14 de julho

A cerimônia de abertura será realizada nesta quarta-feira (3) no Estádio San Paolo, casa do time do Napoli, e contará com a presença do presidente da Itália, Sergio Mattarella, e do vice-primeiro-ministro do país, Luigi Di Maio. Além disso, todos os ingressos colocados à venda para a festa foram adquiridos.

O torneio, que ocorre a cada dois anos, busca reunir os principais nomes das novas gerações olímpicas ao redor do mundo para medirem forças e ratificarem as altas expectativas depositadas. Grande parte dos seis mil atletas inscritos na Universíade ficarão hospedados em navios de cruzeiro ancorados no porto de Nápoles.

Essa será a quinta vez que a Itália receberá a Universíade. A cidade de Turim,sediou a edição inaugural em 1959 e a sexta edição em 1970,a capital Roma,sediou o evento em 1975,enquanto que a última vez que o evento foi realizado no país foi na ilha da Sicília ,que sediou a edição de 1997.

Na edição passada da competição, realizado em Taipé em 2017, o país europeu conquistou 32 medalhas, entre elas nove de ouro.

Ao todo são 127 países e quase seis mil atletas presentes em Nápoles para a disputa da Universíade, divididos em 18 modalidades: atletismo, basquete, esgrima, futebol, ginástica artística, ginástica rítmica, judô, natação, polo aquático, rugby 7, saltos ornamentais, taekwondo, tênis, tênis de mesa, tiro com arco, tiro esportivo, vela e vôlei.

Esse ano a competição conta com uma novidade: a idade máxima dos atletas participantes foi reduzida de 27 para 25 anos.