Início » Primeira-ministra da Itália volta a defender apoio firme ao governo da Ucrânia

Primeira-ministra da Itália volta a defender apoio firme ao governo da Ucrânia

27 de fevereiro de 2023 - Por Comunità Italiana
Primeira-ministra da Itália volta a defender apoio firme ao governo da Ucrânia

A primeira-ministra da Itália, Giorgia Meloni, voltou a defender nesta segunda-feira (27) o apoio firme ao governo da Ucrânia durante a guerra iniciada pela Rússia. A afirmação foi dada pela premiê ao jornalista Bruno Vespa. “Entendo todas as dificuldades e as dúvidas dos cidadãos, mas acredito que é preciso ficar claro que é uma ilusão pensar que se não apoiarmos os ucranianos, nós teremos a paz. Não teremos a paz, mas uma invasão e essa invasão pode tornar a guerra mais próxima à nossa casa. Esse é o cenário”, disse a chefe do Executivo.

Meloni ainda afirmou que não passam de “boatos” as acusações de que “não temos dinheiro para os italianos e gastamos esse valor em armas”.

“Não gastamos dinheiro para comprar as armas que mandamos para os ucranianos. Nós já tínhamos essas armas que, por muita sorte, não precisamos usar. Então não tem nada de dizer que estamos tirando dinheiro dos italianos para afastar uma guerra”, pontuou ainda.

Desde que assumiu o governo, em outubro do ano passado, Meloni manteve a linha de apoio a Kiev iniciada por seu antecessor, Mario Draghi, que ainda inclui a defesa da aplicação das sanções econômicas e políticas contra a Rússia. (com dados da Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

ENQUETE

Loading poll ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • Sun Cloud
  • 14h33
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.