Vários festejos estão programados na cidade do sul da Itália

A cidade italiana de Matera, na região de Basilicata, é oficialmente a capital europeia da cultura em 2019. Na cerimônia de inauguração, vários festejos aconteceram, inclusive, com as presenças do presidente da Itália, Sergio Mattarella, do primeiro-ministro, Giuseppe Conte, além do ministro da Cultura, Alberto Bonisoli.

“Matera é a primeira cidade do sul a ser escolhida como capital europeia da cultura, uma escolha que tem um significado e uma oportunidade para toda a região”, disse Conte. Ele ainda destacou que é preciso mais investimentos, projetos inovadores e plausíveis para a cidade porque “chegar aqui ainda é um negócio que não é digno de um país civilizado”.

Matera foi escolhida a capital da cultura ao derrotar os municípios adversários de Cagliari, Assis, Siena, Lecce e Ravenna.

“Aqui é o modelo de um turismo vencedor”, afirmou o prefeito da cidade, Raffaello De Ruggieri, ao lançar o slogan “Matera, da vergonha à redenção”.