Bolsas europeias demonstraram confiança na quarta (21)

Os rumores de que a Fiat Chrysler Automobiles (FCA) e a Renault teriam retomado as negociações para a possível fusão, após a interrupção no início de junho, ganhou destaque na última quarta-feira (21). As bolsas europeias, apesar de não haver nenhuma confirmação das partes, demonstraram confiança e fecharam em alta.

A possível negociação foi divulgada pelo jornal italiano “Il Sole 24 Ore”, que afirmou que o projeto da fusão “nunca teria sido engavetado”. A publicação ainda ressalta que o mercado financeiro tem apostado fortemente na retomada das negociações entre as duas empresas. Após a notícia, as ações da Renault fecharam em +3,73%, enquanto que a da FCA também registraram alta de +3,34%, em Milão.

Nos últimos meses, a FCA e a Renault realizaram conversas privadas para criar o terceiro maior conglomerado automotivo do mundo, atrás somente de Volkswagen e Toyota. A oferta da companhia ítalo-americana previa que a empresa resultante da fusão tivesse as ações divididas igualmente entre os dois grupos e cotadas nas bolsas de Milão, Paris e Nova York.

A fusão, no entanto, não foi concluída, porque a FCA decidiu retirar a proposta após a França, que detém 15% da Renault, hesitar em aprovar o acordo. De acordo com a empresa francesa, o governo queria garantir o consentimento da Nissan, que também tem 15% das ações.

(com informações da ANSA)