BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Pesquisa da universidade de Milão aponta que grávidas com Covid podem contaminar bebê no útero

14 de julho de 2020 - Por Comunità Italiana
Pesquisa da universidade de Milão aponta que grávidas com Covid podem contaminar bebê no útero

Após dois casos relatados na Itália, uma pesquisa coordenada pela Universidade de Milão revelou que mulheres grávidas que testaram positivo para o novo coronavírus Sars-CoV-2 podem transmitir a doença para o feto e até para o bebê recém-nascido.

O principal autor do documento, o italiano Claudio Fenizia, enfatizou que os resultados “sugerem fortemente” a possibilidade de uma transmissão intrauterina.

O estudo foi apresentado durante a 23ª Conferência Internacional sobre a Aids organizada na semana passada, pela primeira vez a distância, devido à pandemia.

De acordo com “sólidas provas”, analisadas também pela equipe de pesquisadores da Universidade do sudoeste do Texas, em Dallas, liderada por Amanda Evans, a pesquisa poderia ter um impacto positivo na proteção das mulheres grávidas.

Apesar dos casos de bebês contaminados serem isolados, os resultados mostram, com mais clareza, a relação entre mãe e filho durante a transmissão. “Numerosos bebês nasceram de mulheres que deram positivo para o vírus Sars-CoV-2, a maioria delas sem doença respiratória ou traços moleculares de positividade do vírus”, comentou Evans.

A pesquisadora afirma que o estudo “é o primeiro a documentar a transmissão intrauterina da infecção durante a gravidez, com base em traços do vírus nas células da placenta fetal”. Ao todo, 31 mulheres grávidas internadas e infectadas foram estudadas.

A análise localizou o vírus na placenta, no cordão umbilical e na vagina, além do leite materno. O grupo também encontrou anticorpos da Covid-19 nos cordões umbilicais de várias mulheres e no leite.

No Texas, segundo Evans, um bebê, nascido após 34 semanas de gestação, estava em terapia intensiva tanto por prematuridade quanto por possível exposição ao coronavírus. A menina parecia inicialmente saudável, mas no segundo dia de vida começou a ter febre e problemas respiratórios leves.

“É improvável que o desconforto respiratório observado no bebê dependa de sua prematuridade”, observou, lembrando que, de fato, o bebê foi testado positivo para o vírus entre 24 e 48 horas depois de seu nascimento. Na ocasião, a criança foi tratada com um suplemento de oxigênio por vários dias e não precisou de ventilação mecânica. Ela permaneceu contaminada por 14 dias. No 21º dia, mãe e filha receberam alta médica. (dados da Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 4294
            [name] => Bebê
            [slug] => bebe
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 4294
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 7
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 6438
            [name] => Coronavírus
            [slug] => coronavirus
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 6438
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1489
            [filter] => raw
        )

    [2] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 6564
            [name] => Covid-19
            [slug] => covid-19
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 6564
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1368
            [filter] => raw
        )

    [3] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 7497
            [name] => Grávidas
            [slug] => gravidas
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 7497
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 2
            [filter] => raw
        )

    [4] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 6602
            [name] => Pandemia
            [slug] => pandemia
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 6602
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1294
            [filter] => raw
        )

    [5] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 7498
            [name] => Transmissão Intrauterina
            [slug] => transmissao-intrauterina
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 7498
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1
            [filter] => raw
        )

    [6] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 7496
            [name] => Universidade de Milão
            [slug] => universidade-de-milao
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 7496
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Grupo de partidos e associações da Itália iniciaram campanha para convocar um plebiscito sobre a descriminalização do cultivo e do uso da maconha. Você é a favor da liberação?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 14h40
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.