BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Início » Perto do mar

Perto do mar

08 de dezembro de 2008 - Por Comunità Italiana

Há 32 anos, o La Trattoria é o destino certo de quem busca  legítima comida italiana a bom preço, em Copacabana

Rio de Janeiro – Quase de frente para a praia de Copacabana,  rodeado por hotéis e turistas de toda parte do mundo, o La  Trattoria fincou sua bandeira italiana. Comer bem, por um preço  nada salgado, é um dos principais atrativos da casa, inaugurada em 1976 pelo italiano de Turim, Mario Pautasso.

Ele deixou a Itália rumo ao Brasil no dia 1 º de abril de 1953. Depois  de oitos dias de viagem num navio, desembarcou no Rio de Janeiro, a convite de amigos italianos já estabelecidos no país. A idéia  do jovem de 20 anos, que já trabalhava pela Europa como barman, era conhecer o Brasil e montar um negócio para ganhar algum dinheiro.  Pautasso, hoje com 78 anos, trabalhou em restaurantes e hotéis cariocas,  foi dono de boate, proprietário de um restaurante em Fortaleza —  que foi fechado para comprar o La  Trattoria — além de ter trabalhado como gerente da cafeteria do  consulado dos Estados Unidos, no  Rio de Janeiro. Cozinhar não era asua principal habilidade, mas ele não se fez de rogado.

— Todo italiano sabe cozinhar.  Quando abri o restaurante,  eu mesmo passei a fazer os pratos,  mas depois de um ano já tínhamos  um chef — recorda Pautasso  que ainda prepara pratos para a família.

Durante muitos anos, a casa  era procurada por aqueles que se  encantavam com as trufas trazidas da Itália. O tartufo é um fungo subterrâneo  encontrado em bosques de carvalho da França e da Itália, entre  os meses de outubro e dezembro, que se desenvolve a 30 centímetros do solo, junto às raízes das árvores. Das 70 espécies, as melhoressão as trufas negras da região de Périgord, na França, conhecidas como “diamante negro da cozinha” e as trufas brancas da região da Alba,  no Piemonte, na Itália. O fungo é extremamente caro. Um exemplar de  um quilo, do Piemonte, já foi avaliado em 134 mil dólares.

— Hoje trabalhamos com o azeite tartufado que importamos, muito  caro por sinal, mas responsável pelo aroma e o sabor característico  desse prato — explica Pautasso, ao revelar a iguaria mais pedida dorestaurante: camarões com espaguete ao funghi tartufado.

No Brasil há mais de 50 anos, o italiano que nunca mais pensou  em voltar para a Itália, afirma que encontrou, aqui, tudo o que tinha  para viver e ganhar dinheiro.

— Depois de ter vindo para cá, cheguei a morar na Itália por um  ano, mas não compensou. Trabalhávamos muito e o retorno era pouco.  Aqui, casei com uma brasileira, tive dois filhos. Tenho meu restaurante.  O que iria querer mais? — diz.

Quando o relógio marca 12 horas, o La Trattoria começa a ter seus  80 lugares ocupados. Aberto de segunda a segunda, o restaurante  agrada pelo cardápio e pelo preço. O prato best seller da casa, por  exemplo, custa 39 reais e alguns centavos e pode muito bem ser dividido  por duas pessoas. Para acompanhar, o italiano, indica o vinho tinto chileno Santa Carolina.

Serviço: La Trattoria Rio – Rua Fernando Mendes, 7
Copacabana – Rio de Janeiro. Tel: (21) 2255-3319

{mosimage}Camarões com  espaguete ao funghi tartufado
Ingredientes:
3 colheres de sopa de azeite;
1 colher de sopa de manteiga;
4 colheres de sopa de vinho
branco; 200 g de camarões
médios (cerca de 18 camarões);
1 concha de molho de  tomate fresco;
2 colheres de  chá de azeite tartufado;
2colheres de cogumelos chilenos secos;
Pimenta;
Sal;
130 g de espaguete nº 7.

Modo de preparo:
Numa frigideira, doure os camarões  temperados, com sal  e pimenta, no azeite e na  manteiga. Coloque o vinho,  o azeite tartufado e os cogumelos  chilenos secos. Em  seguida, despeje o molho de tomate. Cozinhe a massa  por sete minutos para ficaral dente.Prato para duas pessoas

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

Leia agora a edição 293

ENQUETE

O Ministério da Educação da Itália lançou uma circular em que proíbe o uso de celulares e dispositivos eletrônicos análogos em salas de aula de todo o país. Você concorda com a medida?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 11h41
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.