BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

PD e M5S mantém apoio em Conte para um possível novo mandato

27 de janeiro de 2021 - Por Comunità Italiana
PD e M5S mantém apoio em Conte para um possível novo mandato

No mesmo dia em que o presidente italiano, Sergio Mattarella, realizou a primeira rodada de consultas sobre a crise política no país, membros do Partido Democrático (PD) e do Movimento 5 Estrelas (M5S) mantiveram o apoio ao premiê demissionário Giuseppe Conte para liderar um possível terceiro governo.   

Na quarta-feira (27), as lideranças nacionais do PD se reuniram online e votaram por unanimidade a favor da proposta do secretário da legenda, Nicola Zingaretti, de pedir para Mattarella confiar ao premiê um novo mandato.   

O líder da centro-esquerda italiana disse que fará o pedido com o objetivo de Conte “dar vida a um governo que aceite o seu apelo a um novo governo pró-europeu e que possa contar com uma ampla base parlamentar”.   

“Não devemos ter como objetivo restaurar a Itália que existia antes, mas sim construir uma nova. Por isso não podemos entregar o nosso país a este direito”, acrescentou Zingaretti, ressaltando que não defende e nem quer “eleições políticas antecipadas”.   

O desejo de conceder a Conte a possibilidade de governar pela terceira vez também foi expressado por expoentes do M5S. Segundo fontes, o partido fará a mesma proposta do PD durante a consulta com o chefe de Estado.  

Para a sigla liderada pelo ministro das Relações Exteriores, Luigi Di Maio, o premiê demissionário “representa um ponto de referência e garante a formação de um novo governo”. “Estou trabalhando ao lado dele, com a maior lealdade, para encontrar uma solução para esta inexplicável crise”, garantiu o chanceler.   

O Itália Viva (IV), do ex-premiê Matteo Renzi e responsável pela atual crise após deixar a base aliada, alegou não ter veto contra o retorno de Conte com uma nova plataforma de política, mas está jogando suas cartas com força.   

“Conte não é a única opção. Não queremos discutir nomes, vamos primeiro nos concentrar nas políticas “, disse Teresa Bellanova, senadora e ex-ministra da Agricultura.   

Se Mattarella der a Conte a função de montar um novo governo, Conte precisará obter uma maioria sem necessitar do partido de Renzi. Caso não consiga apoio suficiente, o presidente pode pedir a outro candidato para tentar formar um governo ou dissolver o parlamento e convocar eleições dois anos antes do previsto – este seria seu último recurso.   

Mais cedo, foi anunciada a criação de um novo grupo parlamentar de apoio a Conte, com 10 políticos de algumas siglas menores de direita. Em resposta, Renzi publicou um vídeo no Facebook e classificou a “constituição de grupos improvisados” como “um autêntico escândalo”.   

“Graças à Teresa [Bellanova], à Elena [Bonetti] e ao Ivan [Scalfarotto] abrimos mão dos nossos lugares porque queremos fazer prevalecer as nossas ideias”, disse o ex-premiê.   

Enquanto isso, o líder da Liga e ex-ministro do Interior, Matteo Salvini, propôs um governo de centro-direita como alternativa à votação que, para ele, continua sendo o caminho a seguir.   

O partido Força Itália (FI), do ex-primeiro-ministro Silvio Berluconi, por sua vez, não é muito favorável a um novo pleito – buscando um novo governo de centro-direita.   

Nesta tarde, inclusive, o senador da legenda Luigi Vitali anunciou sua saída do FI por decidir apoiar Conte. (dados da Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 3552
            [name] => Giuseppe Conte
            [slug] => giuseppe-conte
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 3552
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 199
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 3482
            [name] => Governo da Itália
            [slug] => governo-da-italia
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 3482
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 54
            [filter] => raw
        )

    [2] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 392
            [name] => M5S
            [slug] => m5s
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 392
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 97
            [filter] => raw
        )

    [3] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 565
            [name] => PD
            [slug] => pd
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 565
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 51
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Grupo de partidos e associações da Itália iniciaram campanha para convocar um plebiscito sobre a descriminalização do cultivo e do uso da maconha. Você é a favor da liberação?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 03h02
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.