Início » Pai fere filho homossexual em Palermo

Pai fere filho homossexual em Palermo

26 de maio de 2008 - Por Comunità Italiana
Um homem feriu com uma faca de cozinha o filho de 18 anos na cidade de Palermo, sul da Itália, por ele ser homossexual, condição que o pai considerou uma "desonra e uma vergonha".
     
O garoto recebeu golpes de faca no braço e na mão direita tendo sido internado em um hospital da capital siciliana, onde passa bem.
     
O pai, de 53 anos, que foi preso e irá responder a processo por maus tratos e lesões, alegou que se tratava de uma "questão de honra e vergonha".
     
"Meu pai nunca aceitou. Não quis aceitar o fato de que sou gay. Tentei convencê-lo de que não é uma doença, nem uma coisa suja, mas foi inútil", declarou o garoto ferido.
     
Segundo disseram inúmeras associações defensoras dos direitos dos homossexuais, o governo italiano deve aprovar o mais rápido possível uma lei contra este tipo de violência, frente a multiplicação das agressões no país.
   
No último dia 23 de maio um transexual foi esfaqueado até a morte em Nápoles e esse fim de semana um jornalista gay foi agredido em Roma.
     
"Não basta que as instituições tomem distância formal", afirmou a presidente do Círculo de Cultura Homossexual Mario Mieli, Rossana Praitana.
     
Rossana pediu à ministra de Igualdade de Oportunidades, Mara Carfagna, que se preocupe para que seja introduzida uma lei contra a violência contra homossexuais.
 
 
 
 
Fonte: Ansa 

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

Leia agora a edição 307

Edições 119

ENQUETE

Loading poll ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • Sun Cloud
  • 09h20
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.