BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Editoriais

Pietro Petraglia

O mito entre nós

20 de outubro de 2020 - Por Pietro Petraglia
O mito entre nós

Pietro Petraglia Editor

Não há como negar a existência do futebol, pois, ele é o esporte mais popular do planeta e está em toda parte, através das conversas diárias entre as pessoas, seja nas ruas, no trabalho, na escola ou no ambiente de lazer. Ele tem presença forte na mídia, faz parte do convívio humano e social das pessoas, quer elas queiram, quer não.

A bola que rola nos gramados une nações e torcedores vibrantes e apaixonados. Não por acaso a FIFA (Fédération Internacionale de Football Association) fundada em 21 de maio de 1904, em Paris, congrega mais países associados do que qualquer outra entidade, superando até mesmo a Organização das Nações Unidas.

E se o futebol é capaz de influenciar diversos segmentos da sociedade abarcando uma gama de elementos subjetivos ao homem, como paixão, emoção, empolgação, expectativa, frustração, levando-o a sentir uma diversidade de reações físicas: suor, lágrimas, sorrisos, tremedeiras, palpitações…, ninguém mais que Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, foi capaz de provocar tais fenômenos.

Mas todo mito pode ser objeto de várias leituras e interpretações. Em maio, quando a pandemia da covid-19 mostrava sua face mais devastadora e cruel, tudo estava paralisado. O futebol, inclusive. Naquele mês o site inglês Football 365 afirmava que Pelé (vejam só…) seria o jogador mais superestimado de todos os tempos. Para justificar a opinião, os “especialistas” ingleses alegaram que o Rei teria sido favorecido por circunstâncias pontuais e não pelo seu talento ao conquistar três Copas do Mundo, dois Mundiais Interclubes, duas Taças Libertadores da América e um sem número de Taças do Brasil e de campeonatos paulistas.

Não há jogador que tenha feito mais gols que Pelé; que tenha levantado mais taças que Pelé; que tenha até paralisado uma guerra porque os dois lados do conflito queriam vê-lo em campo. Pelé foi capaz disso tudo. O Rei, no auge da carreira, e até mesmo após encerrá-la, foi a personagem pública mais conhecida em todos os países. Pelé, em sua simplicidade, é sábio, embora seja alvo de muitas críticas e até certo ponto de um patrulhamento ideológico que perdura até hoje. Seria surpresa se fosse o contrário. Pelé construiu a maior parte de sua extraordinária história no período político mais turbulento já visto no Brasil: a ditadura militar. Sua imagem foi explorada pelos dois lados da moeda. Tanto o “Pelé” quanto o “Edson Arantes do Nascimento” sofrem com críticas políticas e até pessoais. A vida do Rei, por mais que Pelé tentasse, não pertencia a ele. Era de tudo e de todos. Mas Pelé, como já mencionado, sempre mostrou sabedoria diante dos momentos de animosidade com os quais se deparou. E foram muitos. Quando marcou o milésimo gol, em 1969, tomou das mãos do repórter o microfone e pediu que o mundo cuidasse das crianças. Chamaram-no de demagogo, hipócrita, enfim, Pelé ouviu desaforos incompreensíveis, infundados. Mas o Rei não falou bobagem: o mundo precisa cuidar de suas crianças. Não há outro caminho para o futuro a não ser ampará-las e educá-las para alteridade e empatia com o próximo e a diversidade sociocultural. Essa é a missão máxima de todos os povos, de todas as culturas.

Quando a Juventus conquistou recentemente seu nono campeonato italiano consecutivamente, Pelé exaltou o craque Cristiano Ronaldo, artilheiro da Vecchia Signora, e disse: “O sucesso sempre chega para quem é dedicado”. Sim, CR7 é referência de dedicação para alguém que almeja tornar-se ídolo. Mas o maior exemplo de empenho para tornar-se um mito é único e exclusivamente do cidadão Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, que nesta edição de Comunità merece o justo destaque pelos seus 80 anos.
Boa leitura!

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 7989
            [name] => Edição 267
            [slug] => edicao-267
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 7989
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 32
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 440
            [name] => Editorial
            [slug] => editorial
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 440
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 23
            [filter] => raw
        )

    [2] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 613
            [name] => Futebol
            [slug] => futebol
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 613
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 85
            [filter] => raw
        )

    [3] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 1890
            [name] => Pele
            [slug] => pele
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 1890
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 7
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Países europeus, incluindo a Itália, enfrentam uma segunda onda de coronavírus. Você acredita que ela chegará ao Brasil?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 19h09
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.