Um mês após a colisão de um grande navio de cruzeiro contra o cais e uma embarcação em Veneza, uma tragédia foi evitada no domingo (7) à noite, quando outro cruzeiro perdeu o controle e quase se chocou com um iate turístico

O navio de cruzeiro “Costa Deliziosa”, com quase 300 metros de comprimento e capaz de transportar cerca de 3.000 pessoas, estava prestes a deixar a lagoa veneziana sob uma tempestade e ventos fortes, puxado por rebocadores, segundo um vídeo publicado pelo escritor e artista veneziano Roberto Ferrucci em seu site.

Devido ao mau tempo, perdeu o controle e quase colidiu com o iate que estava ancorado não muito longe da famosa Praça de São Marcos, o que causou pânico a bordo.

Os membros da tripulação do iate, um barco de 50 metros que parece pequeno ao lado do cruzeiro, correram e saltaram no o cais, segundo algumas testemunhas.

O rebocador do “Costa Deliziosa” conseguiu evitar o acidente e direcioná-lo para a saída da lagoa sem problema.

O incidente voltou a levantar a polêmica em torno dos danos infligidos à cidade italiana – inscrita juntamente com sua lagoa no patrimônio universal da UNESCO – e seu frágil ecossistema dos enormes navios de cruzeiro que navegam pelos canais.

Os ecologistas acusam os cruzeiros de contribuir para a erosão das fundações da cidade, que é regularmente inundada.

(Com informações da AFP)