BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Início » Napolitano dissolve câmaras

Napolitano dissolve câmaras

07 de fevereiro de 2008 - Por Comunità Italiana
O presidente da Itália, Giorgio Napolitano, decidiu pela dissolução das duas Câmaras do Parlamento e poucas horas depois o conselho de ministros, presidido pelo premier Romano Prodi, convocou eleições antecipadas. Estes dois atos formais marcaram o fim da 15a legislatura da República Italiana.   
 
"A decisão de dissolver as Câmaras, após ter me reunido com seus presidentes, se tornou inevitável tendo em conta o resultado negativo dos esforços que foram realizados, com o convencimento de que eleições tão marcadamente antecipadas constituem uma anomalia com relação à sucessão normal das legislaturas parlamentares, que tem suas conseqüências sobre a governabilidade do país", disse Napolitano em um comunicado oficial.
   
O chefe de Estado recebeu ontem no Palácio Quirinale (sede da presidência) os presidentes da Câmara dos Deputados, Fausto Bertinotti, e do Senado, Franco Marini, que na tarde anterior lhe havia comunicado seu fracasso no desempenho do mandato que o próprio Napolitano lhe havia confiado para tentar estabelecer um consenso entre as forças políticas para uma reforma da lei eleitoral e um governo transitório que a realizasse.
   
Desse modo, Napolitano expressou seu "pesar por ter que convocar novamente os eleitores às urnas sem que essa reforma tenha sido aprovada".
   
Napolitano também lembrou: "sempre tive como único objetivo o interesse comum e uma maior estabilidade e eficácia do sistema político institucional" e ressaltou que "o diálogo sobre estes temas, atualmente interrompido, segue sendo uma exigência inevitavel para o futuro do país".
   
Seguindo o trâmite fixado pela Constituição, logo após a dissolução das Câmaras houve a reunião do conselho de ministros, presidido por Prodi, que fixou a data das eleições antecipadas para os dias 13 e 14 de abril e decidiu que irá examinar a possibilidade de que sejam realizadas ao mesmo tempo as eleições administrativas.
 
 
 
Fonte: Ansa 

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

Leia agora a edição 292

ENQUETE

Após o resultado das eleições brasileiras e italianas, você acredita que os laços entre as duas nações se fortalecerão?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 12h16
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.