Peça foi criada na França e será exibida em Nápoles

A cidade de Nápoles, no sul da Itália, irá receber uma versão homossexual da famosa tragédia “Romeu e Julieta”, de William Shakespeare.

O espetáculo “Jules e Romeu” será encenado nos dias 5 e 6 de novembro, no teatro Piccolo Bellini. Composta por três atos, a montagem mistura teatro e dança.

Criada na França, a versão homossexual de “Romeu e Julieta” é uma colaboração entre dois bailarinos da Ópera de Paris, Jean-Sébastien Colau e Grégory Gaillard, o compositor Stéphane Jounot e a jovem diretora Bérengére Prévost. A ideia da obra é demonstrar que qualquer amor pode ser eterno.

De acordo com Jean-Sébastien Colau, o espetáculo tenta traduzir a dimensão social da tragédia de Shakespeare através da linguagem coreográfica associada ao teatro, à música e à dança.

Depois do sucesso na França, Colau, que frequentemente é convidado como Maitre do Ballet do Corpo de Dança do San Carlo de Nápoles, ficou impressionado com a personalidade dos bailarinos napolitanos e decidiu levar “Jules e Romeu” para a capital da Campânia.

A montagem na Itália tem um cast formado exclusivamente por bailarinos locais. (com dados da Ansa)