O Museu da Casa Brasileira, em São Paulo, recebe, a partir desta quarta-feira (4), as criativas obras de um dos artistas italianos mais importantes do país, Bruno Munari (1907-1998). Com curadoria do historiador Alberto Salvadori, a mostra “Bruno Munari: a mudança é a única constante no universo” irá expor 117 trabalhos do designer italiano, com obras produzidas desde os anos 1930 até o final de sua carreira.

Entres as relíquias que ficarão disponíveis até 10 de novembro há edições raras de livros de arte, além de uma série de publicações infantis com a qual ganhou o Prêmio Hans Christian Andersen, em 1947. Além disso, também estarão na mostra experimentos feitos com o uso de luz em diferentes superfícies, uma série gráfica “Negativo Positivo” e as esculturas “De Viagem” e “Côncavo Convexo”, assim como suas duas famosas peças: “A cadeira para visitas breves” e “Habitáculo”, cama multifuncional para crianças vencedora do Prêmio Compasso d’Oro em 1979.

A exposição é promovida pelo Instituto Italiano de Cultura de São Paulo e Instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, e conta com o apoio da Ferrero.

Como parte da programação paralela, o Museu da Casa Brasileira ainda realizará oficinas por meio de seu “Programa Educativo”, voltado aos campos de atuação de Munari. Os eventos acontecerão entre 12 e 19 de outubro.

Murani é considerado uma das figuras multifacetadas da arte e do design do século 20. Ao longo de sua carreira, ele foi designer gráfico, artista e pedagogo, além de ter recebido diversos prêmios, como quatro Compasso d’Oro, um Japan Design Foundation.

Serviço:
Data: de 04 de setembro a 10 de novembro de 2019 de terça a domingo, das 10h00 às 18h00
Ingressos: R$ 15 e R$ 7,50 (meia-entrada) | Crianças até 10 anos e maiores de 60 anos são isentos | Pessoas com deficiência e seu acompanhante pagam meia-entrada Gratuito aos finais de semana e feriados Acessibilidade no local
Endereço: Museu da Casa Brasileira – Av. Faria Lima, 2705 – Jd. Paulistano, São Paulo.