Início » Multa da McLaren pode ficar abaixo de US$ 100 milhões

Multa da McLaren pode ficar abaixo de US$ 100 milhões

14 de setembro de 2007 - Por Comunità Italiana
A McLaren pode acabar pagando um valor substancialmente menor do que a multa recorde de 100 milhões de dólares imposta à equipe pelo envolvimento no caso de espionagem na Fórmula 1, de acordo com analistas.

Uma nota do Formula Money, que monitora a saúde financeira da categoria, afirmou nesta sexta-feira que a quantia de 31 milhões de dólares deve estar mais próxima do valor final da penalidade.

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) informou após audiência em Paris, na quinta-feira, que a McLaren estava excluída do Mundial de Construtores desta temporada e teria de pagar uma multa de 100 milhões de dólares por ter obtido dados da Ferrari por meio de espionagem.

Entretanto, a federação acrescentou em comunicado que a multa terá um desconto devido à quantia que a escuderia receberia por ganhar o campeonato. A equipe, que estava 23 pontos à frente da Ferrari no campeonato de construtores após a dobradinha no GP da Itália do fim de semana passado, deveria receber 68,9 milhões em premiação pelo título do campeonato, segundo a Formula Money.

A perda de receita seria um desfalque para a McLaren, que além de ser uma das equipes mais vitoriosas da F1, também tem suas finanças entre as mais bem estruturadas.

Fontes de bastidores estimam que o orçamento anual para a Fórmula 1 de equipes pequenas como a Spyker gire entre 50 milhões e 60 milhões de dólares, enquanto as maiores, como Ferrari e McLaren, gastariam por volta de 400 milhões.

A equipe britânica está livre de dívidas, apesar de ter destinado importante quantia para a construção de uma nova fábrica. O chefe da equipe, Ron Dennis, disse no começo do ano que a equipe estava financeiramente mais forte do que em qualquer momento de sua história.

De acordo com a Formula Money, a McLaren Racing teve lucro após impostos de 4,9 milhões de libras em 2005.

Além de ser patrocinada por grandes empresas, como Vodafone e Santander, a McLaren é 40 por cento de propriedade da DaimlerChrysler-Mercedes.

O que a FIA fará com o dinheiro da multa e qual será o destino da premiação que seria dada à McLaren foram perguntas deixadas sem resposta após a audiência de quinta-feira.

A McLaren ainda está avaliando se vai recorrer da decisão.

 

Fonte: Reuters

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

Leia agora a edição 309

Do céu ao coração

ENQUETE

Loading poll ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • Sun Cloud
  • 10h59
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.