O italiano Stefano Delle Chiaie, fundador do movimento Vanguarda Nacional (AN) e expoente do neofascismo, morreu na noite de ontem (9), em Roma, aos 82 anos de idade.   

Stefano Delle Chiaie chegou a ser apontado como um dos envolvidos no massacre de Bolonha, em 2 de agosto de 1980, que deixou 85 mortos. Ele, no entanto, foi posteriormente absolvido por “falta de provas”.   

Delle Chiaie também foi investigado por suposta relação com outros atentados contra trens e estações, além do ataque à Piazza Fontana, em dezembro de 1969, no centro de Milão, com 17 mortos.   

Recentemente, ele publicou um livro, “L’Aquila e o Condor: História de um Militante Político”, no qual cita, entre outras coisas, seu envolvimento com a Operação Condor na América do Sul.