Os ministros do novo governo italiano liderado por Giuseppe Conte tomaram posse nesta quinta-feira no Palácio do Quirinal, sendo o primeiro-ministro o primeiro a jurar fidelidade à República e à Constituição.

O governo de coalizão é integrado por dez ministros do antissistema Movimento Cinco Estrelas (M5S), nove do Partido Democrático, de centro-esquerda, um do partido de esquerda Livres e Iguais (LeU) e uma independente de perfil técnico, além de vários sem ministério. Sete são mulheres.

Confira quem são os novos ministros da Itália:

  • Luciana Lamorgese (Interior)
  • Alfonso Bonafede (Justiça)
  • Luigi Di Maio (Relações Exteriores)
  • Lorenzo Guerini (Defesa)
  • Nunzia Catalfo (Trabalho)
  • Lorenzo Fioramonti (Educação)
  • Dario Franceschini (Bens Culturais e Turismo)
  • Roberto Gualtieri (Economia)
  • Stefano Patuanelli (Desenvolvimento Econômico)
  • Teresa Bellanova (Bens Agrícolas)
  • Sergio Costa (Meio Ambiente)
  • Francesco Boccia (Assuntos Regionais)
  • Paola De Micheli (Infraestrutura e Transportes)
  • Giuseppe Provenzano (Sul)
  • Paola Pisano (Inovação Tecnológica)
  • Fabiana Dadone (Administração Pública)
  • Elena Bonetti (Igualdade)
  • Vincenzo D’Incà (Relações com o Parlamento)
  • Enzo Amendola (Assuntos Europeus)
  • Roberto Speranza (Saúde)
  • Vincenzo Spadafora (Jovens e Esporte)