Início » Ministros da UE dão aval para missão da Itália, França e Alemanha no Mar Vermelho

Ministros da UE dão aval para missão da Itália, França e Alemanha no Mar Vermelho

22 de janeiro de 2024 - Por Comunità Italiana
Ministros da UE dão aval para missão da Itália, França e Alemanha no Mar Vermelho

Os ministros das Relações Exteriores da União Europeia deram aval “substantivo” para a nova missão proposta pela Itália, França e Alemanha para garantir a segurança mercantil no Mar Vermelho, palco de recorrentes ataques do grupo iemenita houthi. 

A informação foi revelada nesta segunda-feira (22) pelo vice-premiê e chanceler da Itália, Antonio Tajani, depois que os três países apresentaram o plano aos seus homólogos da UE durante reunião em Bruxelas.

“Estamos propondo juntamente com a França e a Alemanha uma missão que possa garantir a segurança do tráfego marítimo”, afirmou ele aos jornalistas após o encontro. 

Tajani enfatizou que espera que “possamos já aprovar definitivamente a missão no próximo Conselho de Relações Exteriores, depois de um sinal verde substancial na reunião de hoje”.

Segundo ele, a Itália defende que a missão no Mar Vermelho “pode também incluir” a missão Emasoh/Agenor no Estreito de Ormuz.

“A missão militar europeia no Mar Vermelho que Roma está a promover com Paris e Berlim representa um passo considerável para uma verdadeira defesa europeia”, acrescentou.

Por fim, Tajani enfatizou que “a Itália está pronta para fazer a sua parte”. “A missão envolve ter um sistema de defesa que na minha opinião deve ser forte, portanto capaz de abater drones e mísseis lançados pelos Houthis. Além disso, haverá “uma proteção militar muito forte, determinada e espero que com todas as ferramentas necessárias”, concluiu ele. 

Já a primeira-ministra da Itália, Giorgia Meloni, afirmou que a missão naval da UE no Mar Vermelho “é predominantemente uma política de defesa”.

“15% do comércio mundial passa por lá, impedir a passagem de produtos significa um aumento desproporcional dos preços, não podemos aceitar a ameaça dos houthis no Mar Vermelho”, afirmou ela.

Segundo Meloni, “a Itália sempre apoiou a defesa da liberdade de navegação” no âmbito de seus próprios regulamentos.

“Para esta missão de defesa europeia não precisamos de passar pelo Parlamento, mas a iniciativa dos EUA teria significado uma passagem parlamentar. A Itália está aí, assume a responsabilidade”, acrescentou ela.

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

ENQUETE

Loading poll ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • Sun Cloud
  • 12h08
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.