O ministro do Interior e vice-premier da Itália, Matteo Salvini, usou o Twitter nesta quarta-feira (17) para comemorar a futura indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, como embaixador do Brasil nos Estados Unidos.   

O mandatário brasileiro disse que a indicação de seu filho já está “definida”, mas que ainda depende de algumas etapas a serem cumpridas.

“Estou feliz que o amigo Eduardo Bolsonaro tenha sido indicado como próximo embaixador do Brasil nos Estados Unidos. Da Itália, nosso abraço”, escreveu Salvini, líder da extrema direita italiana.   

Em pronunciamento na última terça-feira (16), Bolsonaro negou que a indicação de seu filho para a embaixada em Washington seja nepotismo, embora Eduardo não tenha experiência diplomática. O deputado, por sua vez, usa como argumentos em sua defesa os fatos de ser presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara desde o início do ano e de ter feito intercâmbio nos EUA.   

Eduardo e Salvini já se reuniram em Milão, em abril passado, quando o deputado federal pediu “desculpas” pelo fato de o Brasil ter acolhido Cesare Battisti.