BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Ministra da Educação da Itália confirma reabertura das escolas em setembro

13 de maio de 2020 - Por Comunità Italiana
Ministra da Educação da Itália confirma reabertura das escolas em setembro

Azzolina ainda divulgou investimento de 1,4 bilhão do governo

A ministra da Educação da Itália, Lucia Azzolina, confirmou nesta quarta-feira (13) que as aulas serão retomadas no país no mês de setembro. As escolas estão fechadas desde março por conta da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

“Quero afirmar, com clareza, que as condições sanitárias, hoje, não permitem que terminemos o ano escolar presencialmente nas escolas. E, por essa razão, o Governo decidiu que a volta às aulas será no próximo mês de setembro”, disse Azzolina durante uma sessão da Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados.

Segundo a ministra, no entanto, “o serviço de educação é um serviço público essencial e constitucionalmente garantido” e que, por isso, “foram ativadas formas de ensino à distância”.

“Assim, temos o objetivo de garantir o direito ao estudo e a proximidade aos nossos estudantes e as suas famílias”, pontuou.

Ministra da Educação da Itália Lucia Azzolina

De acordo com as informações da titular da pasta, o governo já separou 1,45 bilhão de euros para a retomada das aulas em todos os níveis.

Desse montante, 1 bilhão irá para o Fundo para a Gestão da Volta às Escolas (400 milhões de euros em 2020 e 600 milhões em 2021); 331 milhões de euros irão para a compra de equipamentos, para a conectividade, medidas de proteção e de segurança, assistência médica e adaptação de espaços por conta da retomada; 39 milhões de euros serão destinados para permitir o chamado exame de maturidade, que marca o fim do ciclo do ensino secundário no país, na questão da compra de equipamentos de segurança e higiene para permitir os testes; e 80 milhões para cobrir as faltas na rede de ensino de 0 a 6 anos e para aumentar o fundo regional.

“Quero garantir aos diretores escolares preocupados com a responsabilidade que precisarão ter em setembro que estamos trabalhando para que não recaia tudo nas suas costas. Teremos regras claras, aplicáveis e também flexíveis a respeito das características de cada um dos institutos. Agradeço a colaboração do Comitê Técnico-Científico do Ministério da Saúde, com as forças sociais, que em parceria estamos trabalhando para criar um protocolo para as escolas”, destacou Azzolina.

Com os anúncios de relaxamento das medidas de contenção da propagação do novo coronavírus, o governo italiano vem sendo bastante pressionado a retomar as aulas o quanto antes. No entanto, especialistas alertam para o risco de alta nos casos da Covid-19 ao reiniciar os estudos nas escolas. (com dados da Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 6438
            [name] => Coronavírus
            [slug] => coronavirus
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 6438
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1489
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 6356
            [name] => Lucia Azzolina
            [slug] => lucia-azzolina
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 6356
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 13
            [filter] => raw
        )

    [2] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 6357
            [name] => Ministra da Educação da Itália
            [slug] => ministra-da-educacao-da-italia
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 6357
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 9
            [filter] => raw
        )

    [3] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 6602
            [name] => Pandemia
            [slug] => pandemia
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 6602
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1294
            [filter] => raw
        )

    [4] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 7055
            [name] => Reabertura das Escolas
            [slug] => reabertura-das-escolas
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 7055
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Grupo de partidos e associações da Itália iniciaram campanha para convocar um plebiscito sobre a descriminalização do cultivo e do uso da maconha. Você é a favor da liberação?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 14h45
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.