O quadro de Lucas Paquetá, que precisou ser substituído no empate do Milan com a Udinese na terça-feira, parece ser mais preocupante do que se pensava a princípio

De acordo com o canal de TV italiano “Sportmediaset”, exames iniciais confirmaram a entorse no tornozelo direito do jogador brasileiro, que deve ficar um “longo tempo parado”.

O Milan ainda não deu detalhes sobre a situação de Paquetá. Mas a notícia do site diz que Paquetá sofreu uma entorse no ligamento que une a tíbia e o tarso após a dividida com o suíço Behrami, aos 36 minutos do primeiro tempo. Logo em seguida, ele precisou ser substituído por Castillejo; e precisou deixar o estádio de muletas.

Lucas Paquetá deve ser submetido a mais exames nesta quarta-feira (3).

Donnarumma foi outro que se machucou na partida contra a Udinese. Exames diagnosticaram estiramento em um dos músculos da coxa direita do goleiro, que deve ficar até 30 dias afastado dos gramados. A situação de Paquetá, de acordo com “Sportmediaset”, no entanto, é “muito mais preocupante”.

A notícia pode ligar o alerta da seleção brasileira, já que a Copa América começa dentro de dois meses, e Paquetá é uma das principais peças do time comandado pelo técnico Tite. A lista final para a competição será divulgada no dia 17 de maio, e a estreia do Brasil acontece no dia 14 de junho, às 21h30 (de Brasília), no Morumbi.

(GE)