Rossoneros apoiam iniciativa dos rivais nas redes sociais. Em dezembro, torcedores da Inter direcionaram cantos racistas ao zagueiro Koulibaly, do Napoli

Milan e Inter de Milão, rivais dentro de campo, se uniram por uma causa justa fora das quatro linhas. Os nerazzurri divulgaram nas redes sociais, nesta sexta-feira, uma campanha contra o racismo. Horas depois, os rossoneros endossaram a iniciativa.

– O Milan está ao lado da Inter na luta contra o racismo, porque há desafios que vão muito além das cores e rivalidades – escreveram os rossoneros.

A campanha divulgada pela Inter de Milão se baseia no som de gritos racistas entoados nos estádios: “Buu”. A partir disso, os nerazzurri lançaram o slogan “Brothers Universally United” (BUU), ou “Irmãos Unidos Universalmente”, em português. Os atacantes Icardi e Eto’o, além dos ex-jogadores Figo e Zanetti, foram as grandes estrelas do vídeo produzido para a iniciativa.

Torcedores da Inter de Milão estiveram envolvidos em um dos mais recentes episódios de racismo na Itália. Durante jogo contra o Napoli, no Giuseppe Meazza, em dezembro de 2018, fãs nerazzurri imitaram sons de macaco e insultaram o zagueiro adversário Koulibaly. Desde o ocorrido, o clube milanês tem se colocado contra qualquer tipo de discriminação. (GE)