BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Início » Meu nome é “sexta-feira”

Meu nome é “sexta-feira”

19 de dezembro de 2007 - Por Comunità Italiana

Pais italianos lutam há 15 meses na Justiça para manter o nome do filho de Venerdì, que significa 'sexta-feira' em italiano.

Antes mesmo de o bebê nascer, os proprietários de uma cafeteria em Gênova, cidade portuária no norte do país, já tinham decidido que o filho não engrossaria a lista dos milhares de Francescos, Giovannis, Robertos, Massimos, ou Giuseppes – nomes comuns na Itália.

Um dia depois do nascimento do filho, os pais o registraram no departamento de nascimentos da Prefeitura local com o nome escolhido.

Mas, no dia seguinte, os funcionários municipais avisaram que teriam de cancelar o registro, alegando que o nome poderia causar constrangimentos futuros ao menino.

“É um nome ridículo”, afirmaram na ocasião.

Os funcionários públicos mostraram aos pais uma cópia do decreto presidencial italiano de 2000, que regulamenta os registros de nascimentos no país. Segundo os funcionários, Venerdì entraria na lista dos nomes considerados “ridículos ou vergonhosos” e, portanto, proibidos.

Apesar disso, os pais do garoto decidiram iniciar uma batalha judicial para que o nome escolhido por eles pudesse ser mantido.

Mudança de nome

A Prefeitura e o Tribunal de Justiça de Gênova defendem que o menino passe a se chamar Gregorio Magno, nome do santo festejado em 3 de setembro, dia em que ele nasceu.

A advogada do casal assinalou no recurso que outros dias da semana, como Domenica ou Sabato, que significam domingo e sábado em italiano, são comuns no país e nunca foram considerados vergonhosos ou ridículos.

Com um ano e três meses, o garoto é chamado de Venerdì por todos que o conhecem e já atende pelo nome.

Mara Ortu, mãe do garoto, diz que ele já recebeu o código fiscal (CPF italiano) como Venerdì e foi batizado com este nome, apesar de o padre também ter achado o nome estranho.

Justiça

Os pais de Venerdì perderam recentemente uma batalha na Corte de Apelação, que confirmou decisão anterior do Tribunal de Justiça e da Prefeitura de Gênova.

“O nome Venerdì comportava ligação imediata com o romance Robinson Crusoé, de Daniel Defoe”, escreveram os juízes. “Uma figura caracterizada por um papel de submissão e de inferioridade que, além de seu estado de criatura selvagem, não chegou nunca a ser igualado à imagem do homem civilizado.”

Segundo os juízes, além das implicações literárias, outras motivações, religiosas e populares, também foram analisadas pela Justiça para negar o registro do nome.

“Venerdì é um dia da semana que traz conotações de tristeza e de penitência”, assinalaram. “Nos provérbios populares, o nome está associado a conotações negativas de falta de sorte.”

Os pais do menino ainda analisam o que pode ser feito no âmbito judicial para manter o nome de Venerdì.

Eles afirmam estar dispostos a tudo para evitar que o filho fique traumatizado, já que é chamado em família e pelo amigos de Venerdì.

 

Fonte: BBC Brasil 

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

Leia agora a edição 293

ENQUETE

O Ministério da Educação da Itália lançou uma circular em que proíbe o uso de celulares e dispositivos eletrônicos análogos em salas de aula de todo o país. Você concorda com a medida?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 21h54
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.