BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Início » Mercado do espumante sem crise

Mercado do espumante sem crise

15 de dezembro de 2008 - Por Comunità Italiana
O espumante italiano não sabe o que é crise e mostra os números: mais de € 2,3 bilhões de  faturamento geral, cerca de 300 milhões de garrafas vendidas, das quais 27,7 milhões com o método Charmat (Asti, Prosecco) e 22 milhões com o método clássico (Trento Doc, Oltrepò Pavese, Franciacorta); 153,1 milhões consumidas na Itália e 146,3 exportadas.
     
O consumo nacional, incluindo os espumantes importados, é de 165,6 milhões de garrafas.

As festas de Natal, durante as quais se consome 72% da produção, confirmarão este saldo positivo, com mais de 80 milhões de garrafas abertas e um consumo em crescimento de 2,3% em relação a 2007. É o que destaca a Confederazione Italiana dos Agricultores (CIA), citando dados do Observatório Nacional Econômico dos Espumantes (O.N.E.S).
     
Segundo a CIA, durante as festas de fim de ano, 60% das garrafas de espumante serão abertas em família. O espumante preferido nos lares italianos será o doce (57%), seguido pelos secos e brut e pelo champanhe.

Quanto à produção nacional, o primeiro lugar é dos espumantes de qualidade (IGT/VIT) com 61,9%. Seguem-se o Prosecco com 55 milhões; aqueles com o método clássico, com 20,5 milhões; e a Asti com 15,7 milhões.
     
Na frente da exportação, a liderança na classificação cabe à Asti Docg com pouco mais de 63 milhões de garrafas exportadas. Na seqüência, Prosecco com 44 milhões de garrafas; outros tipos de espumante de qualidade com 38 milhões; e aqueles com método clássico (1,2 milhões de garrafas).

Em relação aos países que compram o espumante italiano, o primeiro lugar é da Alemanha com o equivalente a 26% do faturamento da exportação, seguida por Estados Unidos com 22% e pela Grã-Bretanha com 10%.
 
 
 
Fonte: Ansa

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

Leia agora a edição 292

ENQUETE

Após o resultado das eleições brasileiras e italianas, você acredita que os laços entre as duas nações se fortalecerão?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 20h51
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.