BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Início » Líder de extrema-direita diz que manterá posição da Itália sobre Rússia se for eleito para governar

Líder de extrema-direita diz que manterá posição da Itália sobre Rússia se for eleito para governar

25 de agosto de 2022 - Por Comunità Italiana
Líder de extrema-direita diz que manterá posição da Itália sobre Rússia se for eleito para governar

O líder do partido de extrema-direita Liga, Matteo Salvini, disse na última terça-feira (23) que a posição internacional da Itália em relação à Rússia devido à invasão da Ucrânia não mudará, caso governe o país após as eleições do próximo dia 25 de setembro. A declaração foi dada depois que a esquerda italiana acusou a direita de ter relações próximas com Moscou e de potencialmente enfraquecer a frente ocidental de sanções contra a invasão russa.

“Quanto à Ucrânia, a Liga fará o que outros países democráticos e ocidentais fazem. Seja qual for o resultado das eleições, a posição internacional da Itália não mudará”, disse Salvini em uma reunião em Rimini, no norte da Itália.

No entanto, para o ex-ministro do Interior do país europeu, as sanções da União Europeia (UE) aplicadas contra Moscou não estão dando os resultados esperados porque a economia de Vladimir Putin não tem sofrido o impacto. Ele, inclusive, pediu que a “utilidade do instrumento” seja avaliada.

“Se funcionar, vamos em frente , mas se tiver o efeito contrário, corremos o risco de continuar por dez anos”, argumentou ele, acrescentando que “não gostaria que as sanções alimentassem a guerra”.

De acordo com o líder de extrema-direita, “as sanções para parar a guerra, para forçar a Rússia a parar os ataques estão certas, o problema é que os números nos dizem que o contrário está acontecendo”.

“Os números oficiais dizem que com as sanções a Rússia está ganhando mais, vendendo mais, faturando mais. Seria a primeira vez na história que o sancionado ganha e aquele que pune perde”, lembrou.

Salvini disse ainda que espera que “esta maldita guerra pare o mais rápido possível” para que “os russos voltem para casa o mais rápido possível, para salvar vidas na Ucrânia e famílias na Itália, porque se a guerra continuar, as contas de eletricidade e gás de setembro serão devastadoras”.

“A pior coisa que você pode fazer é dar sinais de concessões a Putin: sobre isso a Itália deve ser muito clara, manter suas alianças e não mudar de linha. Fazer isso seria ceder a Putin, que está chantageando a Itália e a UE”, explicou ele, lembrando que “você não responde à chantagem cedendo”.

Hoje, o primeiro-ministro Mario Draghi reiterou também que a Itália “continuará a apoiar a Ucrânia” e que “a Rússia deve acabar com sua ocupação ilegal, seus ataques brutais contra civis desarmados”.

Segundo Draghi, a Itália continuará a apoiar a Ucrânia “em sua luta para resistir à invasão russa, para restaurar sua integridade territorial, para proteger sua democracia e sua independência”.

Além disso, o chefe de governo italiano ressaltou que o país “sempre condenou a ocupação da Crimeia” e está ” preocupado com o agravamento dos direitos humanos na península e as injustiças contra a comunidade”. “A luta pela Crimeia faz parte da luta pela libertação da Ucrânia”, concluiu. (com dados da Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 1207
            [name] => Extrema-direita
            [slug] => extrema-direita
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 1207
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 17
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 3117
            [name] => Liga
            [slug] => liga
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 3117
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 44
            [filter] => raw
        )

    [2] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 297
            [name] => matteo-salvini
            [slug] => matteo-salvini
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 297
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 182
            [filter] => raw
        )

    [3] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 1567
            [name] => Rússia
            [slug] => russia
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 1567
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 225
            [filter] => raw
        )

    [4] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 4500
            [name] => Ucrânia
            [slug] => ucrania
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 4500
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 194
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Você ficou satisfeito com o resultado das eleições parlamentares da Itália?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 22h50
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.