BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Início » Liberado consumo de maconha para rastafári na bota

Liberado consumo de maconha para rastafári na bota

11 de julho de 2008 - Por Comunità Italiana
Segundo a Suprema Corte de Justiça italiana, os juízes devem reservar um tratamento diferenciado aos seguidores da religião rastafári encontrados carregando grande quantidade de maconha, considerando que, para os adeptos desta religião, fumar maconha favorece a contemplação e a reza, o que se baseia "na crença de que a erva santa tenha crescido sobre a tumba do Rei Salomão".

Foi essa a posição apresentada pela Suprema Corte ao decidir sobre o recurso de Giuseppe G., um jovem que havia sido condenado em 2004 a um ano e quatro meses de prisão e quatro mil euros de multa por porte ilegal de entorpecentes com finalidade de tráfico, após ser encontrado pela polícia com quase cem gramas de maconha. Na Suprema Corte, o jovem afirmou ser um praticante da religião rastafári e disse fumar maconha com base nos preceitos de sua religião.

A Suprema Corte afirmou ter aceitado o recurso de Giuseppe G. porque os juízes que condenaram o jovem não teriam considerado "a religião da qual o acusado se declarou praticante", excluindo que ele pudesse deter tal quantidade de droga para uso pessoal.

Os juízes da Suprema Corte afirmaram que, "segundo relatos em relação às características do comportamento dos adeptos desta religião, de origem hebraica, a maconha não é utilizada somente como erva medicinal, mas também como 'erva medicativa', por ser possivelmente indutora do estado psicofísico direcionado à contemplação na reza, na lembrança e na crença de que a erva sagrada cresceu sobre o túmulo do Rei Salomão, chamado 'o rei sábio', e que dele tire seus poderes".

A Suprema Corte ainda repudiou o comportamento do tribunal de Perugia, que condenou Giuseppe com base apenas na "consideração simplista em relação à quantidade portada", desconsiderando as "modalidades de comportamento do rastafári".

"Parecem estar afetados por estrabismo jurídico", afirmou a deputada Isabella Betolini, do partido PDL, comentando a decisão da justiça italiana. Segundo ela, "não é aceitável que, na Itália, uma pessoa possa sair livre se encontrada com essa quantidade de droga".

 
 
 
Fonte: Ansa 

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

Leia agora a edição 292

ENQUETE

Você acredita que ainda pode haver uma reviravolta em relação às eleições brasileiras?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 17h45
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.