BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Leclerc fala sobre Interlagos e promete menos atrito com companheiro da Ferrari

29 de novembro de 2019 - Por Comunità Italiana
Leclerc fala sobre Interlagos e promete menos atrito com companheiro da Ferrari

Monegasco espera que com nova abordagem ele e alemão jamais voltem a se chocar na pista como aconteceu no GP do Brasil; Ferrari não vai interferir nas disputas por enquanto

Charles Leclerc foi o personagem central da última entrevista coletiva pré-grande prêmio em 2019. Não à toa, já que ele e o companheiro de equipe Sebastian Vettel tiveram um choque na última prova, no Brasil, e a polêmica foi enorme. Como o alemão foi liberado da coletiva para acompanhar o nascimento de seu terceiro filho, o monegasco foi quem teve de encarar os jornalistas, ávidos para saber as consequências do incidente que tirou os dois pilotos da Ferrari da corrida em Interlagos.

– Nós olhamos para isso, e eu particularmente olhei para isso, obviamente, para tentar entender como poderíamos ter melhorado as coisas. Foi muito lamentável: primeiro porque o toque foi extremamente pequeno e houve um grande drama depois disso. Então, isso foi um pouco de azar. Mas como equipe, provavelmente devemos tentar ser um pouco menos agressivos entre si para que essas coisas não aconteçam novamente. Para a equipe não é bom, para todos que estão nos apoiando não é bom – disse.

Leclerc admitiu que a competitividade entre os pilotos da Ferrari é grande, mas garantiu que a equipe deixará que ele e Vettel disputem posições na pista. Para o jovem de 22 anos, as lições sobre o incidente do GP do Brasil foram aprendidas:

– Isso não vai mudar. Seremos capazes de correr juntos. Obviamente, Seb e eu somos muito competitivos. Nós dois queremos vencer, mas também precisamos encontrar o compromisso certo. Também estamos competindo pelo mesmo time. Além disso, não há muito o que fazer, obviamente. Como eu disse, as consequências foram enormes na última corrida. Se você olhar para o contato, foi muito, muito pequeno. Foi lamentável, mas novamente nós garantirá que isso não aconteça novamente.

Sobre o toque em si, Leclerc disse que, ao analisar as imagens, concluiu que os dois tiveram sua parcela de responsabilidade no desfecho desastroso da corrida de ambos em Interlagos.

– Penso que Seb não deveria ter ido para a esquerda, e ele sabe disso. E eu provavelmente poderia ter feito um trabalho melhor evitando que ele fosse para a esquerda. Então, nós dois temos um pouco de responsabilidade. Mas acho que o mais importante é que tudo esteja claro. Sentamos e seguimos em frente – finalizou. (Ge)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 4360
            [name] => CHARLES LECLERC
            [slug] => charles-leclerc
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 4360
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 17
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 977
            [name] => Ferrari
            [slug] => ferrari
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 977
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 69
            [filter] => raw
        )

    [2] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 677
            [name] => Fórmula 1
            [slug] => formula-1
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 677
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 61
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Herdeiro da Fiat, Lapo Elkann afirmou que uma bolsa de marca ou um carro de luxo não serão mais bens preciosos como o tempo. Você concorda?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 19h57
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.