BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Laura Pausini recebe Globo de Ouro por Melhor Canção Original

01 de março de 2021 - Por Comunità Italiana
Laura Pausini recebe Globo de Ouro por Melhor Canção Original

A música “Io Sì”, interpretada pela italiana Laura Pausini, ganhou o Globo de Ouro de Melhor Canção Original no fim da noite de domingo (28). A trilha faz parte do longa “Rosa e Momo” (“La Vita Davanti a Sé”), de Edoardo Ponti, e é fruto da colaboração entre Pausini, Diane Warren e Niccolò Agliardi.

“Nunca sonhei em ganhar um Globo de Ouro, não consigo acreditar. Dedico esse prêmio a todos aqueles que querem e merecem serem vistos e àquela jovem que há 28 anos ganhou Sanremo e nunca esperou chegar longe assim. Toda minha gratidão e respeito para a maravilhosa Sophia Loren, foi uma honra dar voz a sua personagem, para transmitir uma mensagem tão importante, de acolhimento e unidade”, disse Pausini em seu discurso ao receber a honraria.

A cantora também agradeceu “à Itália, à minha família, a todos que me escolheram e escolheram minha música e me ajudaram ser quem sou hoje”. “E também à minha filha, que quero que a partir de hoje lembre da alegria aos meus olhos, esperando que cresça e continue sempre a acreditar em seus sonhos”, acrescentou.

Pausini ainda destacou o fato de ser a primeira mulher a ganhar um Globo de Ouro “com uma trilha toda em italiano”. Essa foi a primeira colaboração entre a cantora italiana e Warren, a compositora norte-americana que já foi indicada 11 vezes aos Oscar.

“Rosa e Momo”, disponível na Netflix, é uma adaptação do livro de Romain Gary, e conta a história de Loren (Madame Rosa), uma sobrevivente do holocausto e ex-prostituta que cuida da família, ao adotar Momo (Ibrahima Guye), um órfão de imigrantes senegaleses que perde a mãe de maneira violenta e comete pequenos furtos em Nápoles.

Premiações

A 78ª edição do Globo de Ouro 2021 foi realizada de maneira virtual por conta da pandemia de Covid e anunciou os vencedores dos prêmios dados pela Associação da Imprensa Estrangeira em Hollywood.

Os principais vitoriosos foram “Nomaland” (Melhor Filme – Drama e Melhor Direção), “Soul” (Melhor Animação e Melhor Trilha Sonora) e “Borat: Fita de cinema seguinte” (Melhor Filme – Comédia ou Musical e Melhor ator em Comédia ou Musical para Sacha Baron Cohen).

Entre as séries, a maior vencedora foi “The Crown”, com quatro prêmios, seguida por “O Gambito da Rainha” e “Schitt’s Creek”, com dois cada.

Já o ator Chadwick Boseman, que faleceu no ano passado, foi homenageado com um prêmio póstumo pro sua atuação em “A Voz Suprema do Blues”.

Outro destaque foi o prêmio de melhor direção para a chinesa Chloe Zhao, em “Nomaland”. A diretora é a primeira mulher asiática a ganhar o prêmio e a segunda mulher na história da premiação a levar a estatueta como melhor diretora.

Confira a lista completa dos vencedores:

Cinema

Melhor Filme – Drama

  • “Meu Pai”
  • “Mank”
  • “Nomadland”
  • “Bela vingança”
  • “Os 7 de Chicago”

Melhor filme – Musical ou comédia

  • “Borat: fita de cinema seguinte”
  • “Hamilton”
  • “Palm Springs”
  • “Music”
  • “A Festa de Formatura”

Melhor diretor

  • Emerald Fennell — “Bela Vingança”
  • David Fincher — “Mank”
  • Regina King — “Uma noite em Miami…”
  • Aaron Sorkin — “Os 7 de Chicago”
  • Chloé Zhao — “Nomadland”

Melhor atriz de filme – Drama

  • Viola Davis (“A voz suprema do blues”)
  • Andra Day (“Estados Unidos Vs Billie Holiday”)
  • Vanessa Kirby (“Pieces of a Woman”)
  • Frances McDormand (“Nomadland”)
  • Carey Mulligan (“Bela vingança”)

Melhor ator de filme – Drama

  • Riz Ahmed (“O som do silêncio”)
  • Chadwick Boseman (“A voz suprema do blues”)
  • Anthony Hopkins (“Meu pai”)
  • Gary Oldman (“Mank”)
  • Tahar Rahim (“The Mauritanian”)

Melhor atriz em filme – Musical ou comédia

  • Maria Bakalova (“Borat: Fita de cinema seguinte”)
  • Michelle Pfeiffer (“French Exit”)
  • Anya Taylor-Joy (“Emma”)
  • Kate Hudson (“Music”)
  • Rosamund Pike (“Eu me importo”)

Melhor ator em filme – Musical ou comédia

  • Sacha Baron Cohen (“Borat: fita de cinema seguinte”)
  • James Corden (“A Festa de Formatura”)
  • Lin-Manuel Miranda (“Hamilton”)
  • Dev Patel (“The Personal History of David Copperfield”)
  • Andy Samberg (“Palm Springs”)

Melhor ator coadjuvante

  • Sacha Baron Cohen (“Os sete de Chicago”)
  • Daniel Kaluuya (“Judas e o messias negro”)
  • Jared Leto (“Os pequenos vestígios”)
  • Bill Murray (“On the Rocks”)
  • Leslie Odom, Jr. (“Uma noite em Miami…”)

Melhor atriz coadjuvante

  • Glenn Close (“Era uma vez um sonho”)
  • Olivia Colman (“Meu pai”)
  • Jodie Foster (“The Mauritanian”)
  • Amanda Seyfried (“Mank”)
  • Helena Zengel (“News of the World”)

Melhor roteiro

  • “Bela vingança”
  • “Mank”
  • “Os 7 de Chicago”
  • “Meu pai”
  • “Nomadland”

Melhor filme em língua estrangeira

  • “Another Round” (“Druk”) – Dinamarca
  • “La Llorona” – Guatemala / França
  • “Rosa e Momo (“The Life Ahead” ou “La vita davanti a sé”) – Itália
  • “Minari – Em Busca da Felicidade” – EUA
  • “Nós duas” (“Two of Us” ou “Deux”) – França e EUA

Melhor animação

  • “Os Croods 2: Uma Nova Era”
  • “Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica”
  • “A caminho da Lua”
  • “Soul”
  • “Wolfwalkers”

Melhor trilha sonora

  • “O céu da meia-noite” – Alexandre Desplat
  • “Tenet” – Ludwig Göransson
  • “News of the World” – James Newton Howard
  • “Mank” – Trent Reznor, Atticus Ross
  • “Soul” – Trent Reznor, Atticus Ross, Jon Batiste

Melhor canção original

  • “Fight for You” de “Judas e o messias negro” – H.E.R., Dernst Emile II, Tiara Thomas
  • “Hear My Voice” de “Os 7 de Chicago” – Daniel Pemberton, Celeste
  • “Io Si (Seen)” de “Rosa e Momo” – Diane Warren, Laura Pausini, Niccolò Agliardi
  • “Speak Now” de “Uma noite em Miami…” – Leslie Odom Jr, Sam Ashworth
  • “Tigress & Tweed” de “Estados Unidos Vs Billie Holiday” – Andra Day, Raphael Saadiq

TV

Melhor série – Drama

  • “The Crown”
  • “Lovecraft Country”
  • “The Mandalorian”
  • “Ozark”
  • “Ratched”

Melhor série – Musical ou comédia

  • “Emily em Paris”
  • “The Flight Attendant”
  • “The Great”
  • “Schitt’s Creek”
  • “Ted Lasso”

Melhor série limitada ou filme para TV

  • “Normal People”
  • “O gambito da rainha”
  • “Small Axe”
  • “The Undoing”
  • “Unorthodox”

Melhor atriz em série – Drama

  • Emma Corrin (“The Crown”)
  • Olivia Colman (“The Crown”)
  • Jodie Comer (“Killing Eve”)
  • Laura Linney (“Ozark”)
  • Sarah Paulson (“Ratched”)

Melhor ator em série – Drama

  • Jason Bateman (“Ozark”)
  • Josh O’Connor (“The Crown”)
  • Bob Odenkirk (“Better Call Saul”)
  • Al Pacino (“Hunters”)
  • Matthew Rhys (“Perry Mason”)

Melhor atriz em série – Musical ou comédia

  • Lily Collins (“Emily em Paris”)
  • Kaley Cuoco (“The Flight Attendant”)
  • Elle Fanning (“The Great”)
  • Jane Levy (“Zoey’s Extraordinary Playlist”)
  • Catherine O’Hara (“Schitt’s Creek”)

Melhor ator em série – Musical ou comédia

  • Don Cheadle (“Black Monday”)
  • Nicholas Hoult (“The Great”)
  • Eugene Levy (“Schitt’s Creek”)
  • Jason Sudeikis (“Ted Lasso”)
  • Ramy Youssef (“Ramy”)

Melhor atriz em série limitada ou filme para TV

  • Cate Blanchett (“Mrs. America”)
  • Daisy Edgar-Jones (“Normal People”)
  • Shira Haas (“Unorthodox”)
  • Nicole Kidman (“The Undoing”)
  • Anya Taylor-Joy (“O Gambito da Rainha”)

Melhor ator em série limitada ou filme para TV

  • Bryan Cranston (“Your Honor”)
  • Jeff Daniels (“The Comey Rule”)
  • Hugh Grant (“The Undoing”)
  • Ethan Hawke (“The Good Lord Bird”)
  • Mark Ruffalo (“I Know This Much Is True”)

Melhor atriz coadjuvante em série

  • Gillian Anderson – “The crown”
  • Helena Bonham Carter – “The crown”
  • Julia Garner – “Ozark”
  • Annie Murphy – “Schitt’s creek”
  • Cynthia Nixon – “Ratched”

Melhor ator coadjuvante em série

  • John Boyega (“Small Axe”)
  • Brendan Gleeson (“The Comey Rule”)
  • Dan Levy (“Schitt’s Creek”)
  • Jim Parsons (“Hollywood”)
  • Donald Sutherland (“The Undoing”)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 1676
            [name] => Globo de Ouro
            [slug] => globo-de-ouro
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 1676
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 5
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 8354
            [name] => Io Si
            [slug] => io-si
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 8354
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 2
            [filter] => raw
        )

    [2] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 2267
            [name] => Laura Pausini
            [slug] => laura-pausini
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 2267
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 18
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Você acha que a Itália terminará na frente do Brasil no quadro de medalhas das Olimpíadas de Tóquio?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 20h31
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.