O artista brasileiro Eduardo Kobra inaugurou no final de semana uma releitura do “Homem Vitruviano”, célebre desenho de Leonardo da Vinci sobre as proporções matemáticas do corpo humano, na nova unidade do Museu da Imagem e do Som (MIS) de São Paulo   

O mural fica na entrada do MIS Experience, inaugurado no sábado (2) com uma exposição imersiva sobre o ícone renascentista, chamada “Leonardo da Vinci – 500 Anos de um Gênio”.   

A obra de 36 metros de comprimento e 4,5 metros de altura levou três dias para ser concluída e exibe uma releitura tridimensional e colorida do “Homem Vitruviano”, fiel ao estilo de Kobra.   

“Um dos trabalhos mais importantes que já fiz foi ‘David’, em 2017, no topo de uma das pedreiras de Carrara, na Itália, onde Michelangelo buscava os mármores para suas esculturas. Sempre sonhei em fazer também um trabalho sobre outro gigante da arte e do pensamento: Leonardo da Vinci. Quando surgiu a oportunidade, adiei todos os outros projetos para concentrar-me nesse trabalho”, disse o artista.  

Segundo Cesar Alarcon, CEO da Pirelli na América Latina, o fato de Kobra ter concluído a obra em três dias “é extraordinário” – a marca é patrocinadora do mural do artista brasileiro e da mostra sobre Leonardo.   

“Se olhamos essa obra de arte que ele fez, de algum modo ela representa a cultura, mas também essa combinação de cultura e arte com a própria modernidade”, declarou o executivo em entrevista durante a abertura da exibição.   

Exposição

A mostra interativa fica em cartaz até 1º de março de 2020 e busca proporcionar uma imersão na vida e na obra de Leonardo. Com 18 áreas temáticas, a exposição inclui réplicas de máquinas projetadas pelo gênio, animações gráficas em alta definição, conteúdos multimídia e narrativa em áudio.   

De acordo com o governador de São Paulo, João Doria, que também participou da inauguração, a mostra é “imperdível” para todos, mas sobretudo para os jovens, e ajuda a “compreender que nada substitui o talento humano”.   

“Nenhuma tecnologia será capaz, em momento algum, de substituir o sentimento e o talento. E é exatamente isso o que celebra essa exposição. Tudo é possível, pense grande, olhe adiante, tenha capacidade de prever o futuro e trabalhar para que ele se torne realidade”, disse governador.   

Doria também ressaltou a ligação entre a cultura italiana e São Paulo. “A contribuição [da Itália] à arte, à cultura e à economia criativa é uma influência extraordinária em São Paulo e no Brasil”, acrescentou.   

Já o cônsul-geral italiano na capital paulista, Filippo La Rosa, afirmou que a exposição é “muito importante” por ser o primeiro grande momento dedicado a Leonardo na cidade nos 500 anos de sua morte. “É um gênio absoluto, o emblema do talento humano, dessa capacidade que o ser humano conseguiu levar ao máximo da potencialidade”, disse.   

De acordo com La Rosa, o Consulado patrocinará uma segunda exposição sobre o artista italiano, que não concorrerá com a mostra no MIS e será inaugurada em 25 de janeiro, aniversário da cidade de São Paulo, no Ibirapuera.   

Serviço

“Leonardo da Vinci – 500 Anos de um Gênio”
Data: 2 de novembro de 2019 a 1º de março de 2020
Local: MIS Experience
Endereço: Rua Vladimir Herzog, 75, Água Branca – São Paulo (SP)
Horário: De terça a domingo, das 10h às 20h30
Ingressos: R$ 40 (sábados, domingos e feriados) e R$ 30 (de quarta a sexta). Meia entrada para estudantes e pessoas acima de 60 anos.
Bilhetes gratuitos às terças. (Ansa)