Velha Senhora divide pagamento em cinco temporadas e transforma jovem de 19 anos em defensor mais caro da história, acima do também holandês Van Dijk, do Liverpool

Fez-se a luz! A Juventus confirmou na manhã desta quinta-feira (18) a contratação do zagueiro holandês De Ligt ao Ajax, por € 85,5 milhões (cerca de R$ 360,8 milhões). A Velha Senhora vai pagar € 75 milhões divididos nas próximas cinco temporadas e mais € 10,5 milhões de extras. A cláusula de rescisão foi fixada em € 150 milhões (R$ 633 milhões) a partir do terceiro ano, e a apresentação oficial está marcada para esta sexta-feira (19).

O valor total da negociação botou De Ligt como o defensor mais caro da história. Superou o compatriota Virgil van Dijk, contratado pelo Liverpool ao Southampton em dezembro de 2017 por € 84 milhões, e o francês Lucas Hernández, negociado pelo Atlético de Madrid em março passado ao Bayern de Munique por € 80 milhões.

A transferência entrou como a quarta mais alta da temporada, atrás das negociações do atacante português João Félix, do Benfica ao Atlético de Madrid por € 126 milhões, do francês Griezmann, do Atleti ao Barcelona por € 120 milhões, e do meia belga Hazard, do Chelsea para o Real Madrid por € 100 milhões.

No anúncio, a Juventus define o zagueiro como uma síntese perfeita de um jogador moderno no setor: maestria técnica, dominância física, visão de jogo, gestão e interpretação da dinâmica defensiva, propensão ao gol e especialista no jogo aéreo. Isso tudo ainda às vésperas de completar 20 anos, no próximo dia 12 de agosto. Seus números defensivos em 117 partidas chegam a 721 bolas recuperadas, 163 interceptações e 103 divididas ganhas. Estatísticas de respeito para compor um setor que tem os italianos Chiellini e Bonucci como titulares e perdeu Barzagli, aposentado ao fim da temporada passada.

Em 2018/19, De Ligt foi o terceiro jogador que mais roubou bolas. Somou 73, menos apenas do que o lateral-direito inglês Alexander-Arnold, do Liverpool, segundo na estatística, e o lateral-esquerdo Jordi Alba, do Barcelona, líder com 80.

Com 13 gols, sendo 10 de cabeça, em 117 partidas, De Ligt chega para dividir com Cristiano Ronaldo o bombardeio pelo alto da Velha Senhora. Na última Liga dos Campeões, só o português fez mais gols de cabeça do que o holandês, o mais jovem defensor a balançar a rede na história do torneio e o caçula também entre os que marcaram mais de uma vez.

(GE)