Início » Jogadora de vôlei da Itália, Paola Egonu é alvo de racismo

Jogadora de vôlei da Itália, Paola Egonu é alvo de racismo

25 de setembro de 2022 - Por Comunità Italiana
Jogadora de vôlei da Itália, Paola Egonu é alvo de racismo

Considerada uma das principais jogadoras da seleção italiana feminina de vôlei e do mundo, a oposta Paola Egonu foi alvo de uma fala racista em um programa esportivo de uma TV da Itália, na última sexta-feira (23).A pós a exibição de uma reportagem com imagens da campanha da equipe italiana na Liga das Nações, a apresentadora Cristiana Buonamano, da Sky Sport, chamou Egonu de “macaco” ao comentar sobre a expectativa da Azzurra para o Mundial.

“Você falou de dois macacos, mas sabe que eu acrescentaria um terceiro: Egonu. Busca, você, um adjetivo, diferente, original. Não sei ser original”, disse a jornalista.

Até o momento, nem Buonamano nem a emissora se pronunciaram sobre o caso.

A atleta levou em julho a Itália ao título da Liga das Nações em partida contra a seleção brasileira, além de ter conquistado o prêmio de melhor jogadora do torneio. Desde o início de sua carreira, Egonu tem sofrido com o racismo.

A Itália fez sua estreia no Mundial Feminino de Vôlei no sábado (24), em partida contra a seleção de Camarões. (com dados da Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

ENQUETE

Loading poll ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • Sun Cloud
  • 12h59
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.