Na metade do seu ciclo de vida, o Jeep Renegade ganhou muitas mudanças. Facelift, motores turbo na Europa, futura versão híbrida e agora uma variante esportiva. É isso mesmo. Batizado de S, a série especial está disponível apenas na Itália com visual mais despojado graças aos novos para-choques e itens escurecidos, como as rodas de 19 polegadas e grade dianteira

Por lá, o Renegade S ostenta o motor a gasolina 1.3 turbo de 150 cv, mas há também opões 1.6 e 2.0 turbodiesel. A transmissão pode ser manual de seis marchas ou automática de nova velocidades.


As rodas de 19 polegadas escurecidas deixam o SUV mais invocado

Dentro, o Renegade não traz grandes alterações. Destaque para a central multimídia com tela de 8,4 polegadas e itens de série como faróis de LED, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, painel de instrumentos digital, leitura de placas de trânsito e assistente de mudança involuntária de faixa de rodagem.

REESTILIZADO

O Renegade passou por suas primeiras mudanças no final do ano passado – inclusive no Brasil. Na dianteira, os faróis ao lado da grade de sete barras são novos, mais próximos aos utilizados no novo Wrangler. Um pouco mais embaixo, no para-choque, há novas luzes diurnas, agora em LED, substituindo as luzes de rodagem diurnas halógenas. Além do motor 1.3 Firefly turbo, que pode render até 180 cv, o SUV é oferecido na Europa também com uma versão turbinado do 1.0 Fireflty, de 120 cv.


O interior não tem grandes modificações: o acabamento predominantemente preto

(WM1)