Cerca de 10,2 milhões de toneladas de queijos foram produzidos em 2017 pela UE

A Itália se tornou o terceiro maior produtor de queijos da União Europeia em 2017, como indica relatório do Eurostat, o gabinete de estatísticas do bloco. Na primeira posição aparece a Alemanha, seguida pela França.

Feito para entender a proveniência dos laticínios, o estudo certificou que, em 2017, a União Europeia produziu cerca de 10,2 milhões de toneladas de queijo. Os alemães são responsáveis por 22% desse total (2,2 milhões de toneladas). Os franceses produziram 1,9 milhão de toneladas (19%), e os italianos, 1,3 milhão (12%).

Os dados também mostram que os Estados-membros exportaram 5,2 milhões de toneladas de queijo em 2017, sendo que 4,4 milhões foram comercializadas dentro do próprio bloco, alcançando um valor total de 20,8 bilhões de euros (R$ 89 bilhões).

A Alemanha também liderou as exportações, com 1,2 milhão de toneladas, representando 23% do total, seguida pelos Países Baixos, com 0,9 milhão (17%), e pela França, com 0,7 milhão (13%).